Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo segue em busca da liderança contra desesperado Avaí

Cariocas querem se recuperar de derrota para o Santos, enquanto Avaí tenta deixar zona de rebaixamento

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro* |

Se a partida contra o Santos era tratada por jogadores e pelo técnico Caio Júnior, do Botafogo, como um 'crédito', agora, com o mesmo número de jogos que os adversários, a equipe carioca busca voltar ao caminho das vitórias. A nova tentativa de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro acontece neste sábado, contra o Avaí, às 18h, no estádio da Ressacada, pela 31ª rodada.

Veja mais: Botafogo é o 3º e Avaí o 19°. Veja a tabela atualizada

Ao contrário do Botafogo, que briga na parte de cima da tabela em busca de um final de ano positivo, o Avaí vive uma situação desesperadora. Na 19ª colocação, com 26 pontos, o time catarinense não sairá da zona da degola mesmo que vença, mas quer iniciar uma reação para tentar escapar da segunda divisão. A situação é tão complicada que o meia Lincoln revela que chorou no empate contra o Atlético-GO, duas rodadas atrás.

Leia também: Antônio Carlos e Caio perto de marcar de 100 jogos do Botafogo

"Eu chorei sim, porque eu achei que a gente poderia ter vencido aquele jogo, que era fundamental para nós. Jogamos bem, mas enfrentamos uma equipe muito qualificada também. Aquilo foi um momento de desabafo, não de desânimo. Nunca, em toda a minha carreira, eu vou desanimar", disse o jogador, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo contra o Internacional e volta ao time titular.

Veja também: Candidato de oposição quer Engenhão caracterizado e CT

Além de Lincoln, o Avaí terá o retorno do lateral-direito Daniel, que não atuou contra o time gaúcho por questões contratuais - ele pertence ao Internacional e está apenas emprestado ao Avaí até o fim do ano. Já Pedro Ken, que sentiu um desconforto muscular na véspera da partida, foi liberado pelo departamento médico.

Botafogo prega respeito
Se a partida contra o Santos era vista como um 'bônus', contra o Avaí a situação é bem diferente. O técnico Caio Júnior minimizou a posição do adversário na classificação e pediu que a equipe carioca encare o confronto como se fosse 'o último jogo do Brasileirão'.

Leia mais: Lincoln admite que chorou após empate contra o Atlético-GO

"Estamos num ponto do campeonato que não dá mais para dizer que esse ou aquele é mais forte ou mais fraco. Eles vão ter a pressão da torcida para sair do rebaixamento. Temos que entrar concentrados e disputar essa partida como se fosse a ultima do campeonato. O Avaí melhorou muito nas últimas rodadas e tem feito jogos duros contra equipes que estão na frente", declarou o técnico Caio Júnior.

Veja também: Estilo de jogo inspirado no Barcelona dá pouco resultado no Botafogo

AE
Lincoln cumpriu suspensão automática e volta ao Avaí
Para a partida, o time de General Severiano terá um importante reforço. O volante Renato, que não enfrentou o Santos por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo, volta ao time titular na vaga de Bruno Tiago. O único desfalque é do lateral-direito Alessandro, que está suspenso pelo terceiro amarelo e dará lugar ao jovem Lucas.

No meio-campo, o treinador mantém um mistério. Sem realizar um coletivo na atividade desta sexta-feira, Caio Júnior não deu pistas se seguirá com Felipe Menezes ou escalará Herrera, que joga mais avançado.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

A partida também poderá dar a liderança da competição para o Botafogo, que soma 52 pontos, dois a menos que Corinthians e Vasco. Para isso, além de derrotar o time catarinense fora de casa, será preciso torcer para uma derrota do time paulista contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, e do Vasco contra o Bahia, no estádio Pituaçu.

FICHA TÉCNICA - AVAÍ X BOTAFOGO
Data: 22 de outubro (Sábado)
Hora: 18h (de Brasília)
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Christian Passos Sorence (GO)

AVAÍ: Felipe; Daniel, Gian, Caçapa e Fernandinho; Júnior Urso, Bruno, Cleverson, Lincoln e Robinho; William
Técnico: Toninho Cecílio

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel; Herrera e Abreu
Técnico: Caio Junior

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e comente o duelo contra o Avaí

Leia tudo sobre: BotafogoAvaíBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG