Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo põe invencibilidade à prova diante do empolgado Guarani

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, teme que sua equipe possa se complicar assim como aconteceu contra o Treze

Gazeta |

Futura Press
O técnico Oswaldo de Oliveira chegou ao Botafogo nesta temporada
O Botafogo visita o Guarani nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), em confronto válido pela rodada de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O time carioca, que está invicto na temporada, penou para eliminar o modesto Treze-PB na etapa anterior, nos pênaltis, após dois empates por 1 a 1. Já a equipe de Campinas despachou o Brasiliense com um triunfo por 3 a 0, depois de derrota por 2 a 0 no Distrito Federal.

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, pediu aos seus jogadores o máximo de empenho e dedicação contra o Guarani, pois considera a partida desta quarta-feira muito complicada. O treinador teme que sua equipe possa se complicar assim como aconteceu contra o Treze. A preocupação do comandante botafoguense é que o Guarani possa dar ainda mais trabalho, já que é um time superior ao representante da Paraíba.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Com certeza o Guarani é uma equipe bem diferente do Treze. Não serve nem de parâmetro uma comparação entre as duas equipes. Vamos ter muitas dificuldades e sabemos disso. Contra o Guarani, será preciso atenção ao longo dos noventa minutos, pois senão vamos retornar para o Rio de Janeiro com um resultado ruim", disse Oswaldo de Oliveira.

A preocupação com o Guarani não impede os jogadores do Botafogo de sonharem com a classificação antecipada para as oitavas de final. Por isso eles pregam uma postura ofensiva.

Leia mais: Por gramado do Engenhão, Botafogo aciona Ferj contra o Fluminense

"Nós sabemos que será um jogo complicado e que o Guarani não é qualquer equipe. Mas o regulamento da Copa do Brasil dá vantagem para os times que costumam jogar de maneira ofensiva fora de casa, conseguindo gols. Portanto, temos que jogar para frente em busca de gols, independentemente de conseguirmos ou não a classificação para as oitavas de final", disse o meia Elkeson.

Para este jogo Oswaldo de Oliveira mais uma vez não vai contar com o atacante uruguaio Loco Abreu, ainda se recuperando de dores na região das costas. Com isso, o argentino Herrera segue no setor.

Veja também: Oswaldo de Oliveira quer Botafogo ofensivo em Campinas

Pelo lado do Guarani, o técnico Vadão se mostra confiante em um bom jogo de sua equipe e espera que o time consiga uma vitória que lhe dê tranquilidade no jogo de volta.

"O Botafogo tem um grande time e sempre conta com o nosso respeito, como não poderia deixar de ser. O Guarani sabe que vai enfrentar problemas, mas meus jogadores têm consciência de que podemos fazer um grande jogo e conquistar um resultado que nos dê chances de buscar a vaga no Rio de Janeiro", analisou Vadão.

FICHA TÉCNICA

GUARANI X BOTAFOGO

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 4 de abril de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Tatiana de Freitas (RS) e José Chaves Filho (RS)

GUARANI: Emerson; Oziel, Neto, Domingos e Bruno Recife; Wellington Monteiro, Fábio Bahia, Danilo Sacramento e Bruno Neves; Fabinho e Bruno Mendes
Técnico: Vadão

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Fellype Gabriel, Elkeson e Andrezinho; Loco Abreu
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Leia tudo sobre: botafogoguaranicopa do brasil 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG