Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo perde do Figueirense e desperdiça chance de ser líder

Com golaço de Júlio César, time catarinense arranca vitória heróica fora de casa e entra na zona de classificação à Libertadores

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

null

Mais uma vez o Botafogo desperdiçou a chance de, mesmo que temporariamente, assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Sem organização e criatividade, a equipe carioca foi surpreendida pelo Figueirense , neste sábado, em pleno Engenhão, pela 33ª rodada do torneio nacional.

> Figueirense entra no G5. Veja a classificação completa do Campeonato Brasileiro

Com um gol de Júlio César logo aos cinco minutos de jogo, a equipe catarinense venceu por 1 a 0, e beneficiada pela derrota do São Paulo para o Bahia em, Pituaçu, assumiu a quinta colocação com 53 pontos e entrou na zona de classificação da Libertadores.

Com a derrota em casa, o Botafogo se manteve com 55 pontos na terceira colocação, mas corre o risco de perder uma posição caso o Fluminense vença o Internacional, domingo, no Beira Rio.

O jogo
Com chances reais de conseguir uma vaga na Libertadores, o Figueirense não veio ao Rio de Janeiro a passeio. E mostrou isso logo aos cinco minutos. Wellington Nem recebeu na esquerda e tocou para Júlio César, o atacante arriscou de fora da área, surpreendeu o goleiro Jefferson e marcou um golaço.

A vantagem não acomodou os visitantes. Dois minutos depois, Coutinho roubou uma bola no meio, carregou até a intermediária e tocou para Júlio César na esquerda. O autor do primeiro gol passou como quis por Lucas e soltou a bomba. Desta vez, porém, Jefferson fez grande defesa e evitou o segundo.

AE
Jogadores do Figueirense comemoram o gol da vitória sobre o Botafogo, no estádio do Engenhão
A resposta do Botafogo veio em seguida após uma falha de Roger Carvalho. Ao tentar rebater uma bola, o zagueiro furou na frente de Loco Abreu, que finalizou duas vezes com perigo. Wilson defende na primeira e o mesmo Roger Carvalho saltou na segunda.

Os donos da casa insistiam e quase chegaram ao empate em duas cobranças de escanteio com Antônio Carlos. Na primeira, o zagueiro cabeceou e Bruno afastou o perigo. Na segunda, o camisa três alvinegro subiu mais alto que a zaga catarinense e testou com perigo à esquerda do goleiro Wilson.

Mesmo esperando o Botafogo em seu campo, o Figueirense continuava levando perigo nos contra-ataques. E foi numa dessas escapadas que Júlio César quase ampliou para o time catarinense. O atacante fez linda tabela com Juninho, recebeu dentro da área, driblou Jefferson, mas desperdiçou excelente oportunidade de fazer o segundo.

Com Herrera no lugar do volante Léo, o Botafogo voltou do intervalo pressionando. Apesar de ter o controle do jogo, o time alvinegro pouco ameaçava. Já o Figueirense seguia perigoso nos contra-ataques. Aos sete, Coutinho recebeu no meio e arriscou de longe assustando Jefferson.

Apesar de ter voltado para o segundo tempo com uma formação mais ofensiva, o Botafogo esbarrava no individualismo e na falta de organização. Melhor para o Figueirense, seguia mais perigoso. Aos 19, Coutinho fez grande jogada pela direita e cruzou para o meia da área, Wellington Nem se antecipou e obrigou Jefferson a salvar o segundo gol do time catarinense com os pés.

Mesmo sem criatividade, o Botafogo quase chegou ao empate na base do abafa. Lucas cruzou pela direita, a bola quicou no gramado irregular do Engenhão e quase enganou o goleiro Wilson.

Na jogada seguinte, foi a vez de Maicosuel desperdiçar boa oportunidade de empatar o jogo. Lucas cruzou novamente pela direita, Loco Abreu cabeceou para dentro da pequena área e o apoiador alvinegro chutou por cima. Nos acréscimos, Loco Abreu ainda teve a chance do empate, mas a cabeçada do uruguaio acertou o travessão. 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 x 1 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de novembro de 2011, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e José Pontarolo (PR)
Cartão amarelo: Elias (FIG), Bruno Vieira (FIG), Marcelo Mattos (BOT), Wellington Nem (FIG), Juninho (FIG)

Gols:
FIGUEIRENSE: Júlio César, aos cinco do primeiro tempo

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Léo (Herrera), Renato, Elkeson (Everton) e Maicosuel; Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior.

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno Vieira (Pablo), Édson Silva, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Túlio (Jonatas), Coutinho (João Paulo) e Elias; Wellington Nem e Júlio César. Técnico: Jorginho 

Leia tudo sobre: BotafogoFigueirenseBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG