Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo festeja "ano da consolidação"

"Foi o ano da consolidação de um planejamento de trabalho que começou em 2009", disse o presidente

AE |

Na véspera do Natal, o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, fez um balanço sobre a temporada de 2010, na qual o time conquistou o Campeonato Carioca e realizou bela campanha no Brasileirão. Embora o clube tenha ficado sem a chance de disputar um lugar na Libertadores, o dirigente festejou o que chamou de "ano da consolidação" da equipe.

"Foi o ano da consolidação de um planejamento de trabalho que começou em 2009. Colhemos frutos do que plantamos. Sabíamos de todas as dificuldades e que este ano não seria fácil, mas permanecer na Série A foi fundamental. Fomos para o mercado contratar um elenco mais capacitado, com mais chances de conquistar título, o que conseguimos no Campeonato Carioca. Mas nos mantermos com um orçamento reduzido também foi fundamental, pensando na parte financeira do clube", ressaltou Assumpção, em entrevista ao site oficial do Botafogo.

O dirigente ainda lembrou que o Botafogo acabou sendo beneficiado pelo fechamento do Maracanã, por causa das obras visando a Copa do Mundo de 2014, já que passou a alugar o Engenhão para o Flamengo e o Fluminense. "Em termos patrimoniais, (o ano) foi um sucesso absoluto. O Estádio Olímpico João H0avelange (Engenhão) foi fundamental para gerar novas receitas e o acordo comercial com Flamengo e Fluminense foi importantíssimo para o estádio", reforçou.

Assumpção, porém, destacou que espera um 2011 com mais glórias do que 2010 para o Botafogo, tendo em vista que o time sempre almeja maiores objetivos para a temporada seguinte. "Nós esperamos sempre melhor em relação ao ano passado. Então, 2011 tem que ser melhor do que 2010. Meu parâmetro agora não é mais 2009, e sim 2010. Se eu fui campeão carioca, tenho que ser bicampeão, o que é uma responsabilidade grande. Mas, como estamos com o (técnico) Joel (Santana), é muito possível, ele é um papa-títulos e adora o Campeonato Carioca. Quase chegamos à Libertadores, brigamos pelo título, mas tivemos muitas lesões. Não temos mais que lamentar, vamos qualificar ainda mais o elenco, dar as peças que o treinador pediu e pensar em conquistar mais títulos", enfatizou.

Leia tudo sobre: Botafogo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG