Fahel foi para o Bahia e Rodrigo Mancha deve ser emprestado para outra equipe para o Brasileirão

No começo da temporada, ainda sob o comando do técnico Joel Santana, o Botafogo chegou a contar com oito volantes treinando em seu elenco . O exagero de jogadores para a posição foi detectado até pelo presidente do clube, Maurício Assumpção , que falou sobre a carência de armadores, enquanto mais marcadores eram contratados para a equipe carioca.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Com a chegada do técnico Caio Júnior , no final de março, o Botafogo passou a fazer uma verdadeira 'limpeza' no setor. O primeiro a dar adeus foi Fahel . Perseguido pela torcida, o volante, que estava no clube desde 2009, foi liberado e acertou contrato com o Bahia . Elogiado pelo comprometimento e profissionalismo por Caio Júnior, o volante diz que deixou o clube com sentimento de dever cumprido.

"Agradeci aos jogadores por todos os momentos que vivemos no Botafogo e pela segunda família que construí no clube. Deixo o Botafogo com sensação de dever cumprido. Honrei e sempre vou honrar esta camisa que me trouxe muitas alegrias. Revelou Fahel

Quem também está de saída é Rodrigo Mancha . O volante, que oficialmente se recupera de uma lesão no púbis, nem viajou com o elenco para a cidade de Porto Feliz , onde o Botafogo realiza um período de treinamentos antes da estreia no Brasileirão. O empresário do jogador será informado de que deve procurar outra equipe para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Como está emprestado pelo Santos até o final da temporada, para devolver o jogador, o Botafogo teria que pagar os salários pelo tempo de contrato e multa. Por isso, o clube carioca busca um interessado que assuma as despesas do empréstimo.

Caso a saída de Mancha se confirme, o Botafogo ficaria com seis jogadores para a posição no elenco: Araruama, Arévalo, Bruno Tiago, Lucas Zen, Marcelo Mattos e Somália, A intenção do técnico Caio Júnior é de trabalhar com cinco atletas, e mais um volante pode deixar a equipe. O contrato de empréstimo de Mattos com o Botafogo se encerra no final de junho, mas tanto o volante, quanto o Botafogo, já declararam que querem renovar o vínculo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.