Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo faz dever de casa, bate América, mas morre na praia

Empate entre Olaria e Vasco eliminou a equipe, que ficará de fora das finais do Carioca após quatro anos

Gazeta |

Dependendo de outros resultados para avançar às semifinais do segundo turno do Campeonato Carioca, o Botafogo encarou o rebaixado América em São Januário e fez a sua parte. Com gols de Lucas (2) e Loco Abreu, Bruno Reis descontou, o Botafogo venceu por 3 a 1 mas acabou fora da disputa pelo título da Taça Rio.

O duelo em São Januário foi praticamente um jogo de um time só. Com o América apenas cumprindo tabela, restava ao Botafogo buscar a vitória para tentar chegar às semifinais da Taça Rio.

E o Botafogo abriu o placar aos 13, num lance curioso. Somália fez boa jogada pela direita e enfiou para Lucas, que foi à linha de fundo e levantou na área. O goleiro Paulo Wanzeler tentou tocar por cima do gol para a linha de fundo, se atrapalhou e mandou a bola para o fundo das redes.

nullDois minutos depois, Cidinho desperdiçou grande chance de ampliar e marcar na sua estreia pelo Alvinegro. O meia recebeu sozinho na intermediária, penetrou na área pela direita e chutou cruzado, mas Paulo Wanzeler fez defesa milagrosa para salvar o América.

O Botafogo dominava inteiramente a partida, mas não tinha facilidades para penetrar na defesa do América. Até que aos 28, Loco Abreu fez grande jogada. O atacante penetrou pelo meio da defesa do América, driblou três e, de frente para o gol, chutou pra fora.

Cidinho apareceu bem novamente aos 30, com uma boa jogada individual pela esquerda. Depois de passar por dois marcadores, o meia chutou fraco e a bola saiu pelo lado direito do gol do América.

O Olaria tentou responder numa bola parada aos 41. Guilherme fez falta em João Filipe na entrada da área. Bruno Reis cobrou, a bola desviou na barreira, e no rebote, Paulo Roberto chuta cruzado e coloca Jefferson para trabalhar.

Ainda no primeiro tempo, aos 44, Everton trabalhou pela esquerda e levantou na área. O zagueiro Antônio Carlos aparece na área, se livra da marcação e tenta pelo alto, mas bola toca no travessão e sai.

O Botafogo volta com duas alterações para a etapa complementar. Guilherme dá lugar a Lucas Zen e Everton sai para a entrada de Bruno Tiago.

E o segundo tempo começou a todo vapor. Aos 3, Lucas avançou pela direita e tocou para Herrera. O argentino passou pelo marcador e entregou para Cidinho, mas Arcelino aparece para salvar quase em cima da linha.

AE
O botafoguense Somália foi titular diante do América
Mas o segundo gol não tardou. Aos 10, Bruno Tiago recebeu na entrada da área pela direita, penetrou e viu Loco Abreu do outro lado. Com um passe perfeito, colocou o Urugaio na cara do gol vazio e ele só teve o trabalho de concluir.

O terceiro gol quase saiu aos 15. Lucas, destaque Alvinegro no jogo, lançou Herrera. O atacante se livra da marcação e toca para Bruno Tiago sozinho, mas o meia vacila e chuta para fora.

Mas aos 36, Lucas cobrou falta com perfeição, no ângulo esquerdo de Paulo Wanzeler, para marcar o terceiro gol do jogo. Antes do final, o América ainda descontou com Bruno reis de falta.

Na próxima quarta-feira, o Botafogo vai a Florianópolis para decidir a vaga na próxima fase da Copa do Brasil diante do Avaí.

FICHA TÉCNICA - AMERICA 1 X 3 BOTAFOGO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de abril de 2011 (Domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Ediney Mascarenhas (RJ) e Marco Aurélio Pessanha (RJ)
Cartões amarelos: Alan Kardek, Bruno Reis, Arcelino, Wellington, Leandro (América); Guilherme, Antônio Carlos, Bruno Tiago (Botafogo) 

Gols: BOTAFOGO: Lucas, aos 13 minutos do primeiro tempo; Loco Abreu, aos 10 e Lucas aos 36 minutos do segundo Tempo
AMERICA: Bruno Reis, aos 43 minutos do segundo tempo

AMERICA: Paulo Wanzeler, Michel, Arcelino, Victor, Alan Kardek e Felipe Assis; Léo Oliveira (Emerson), Leandro, Bruno Reis e Paulo Roberto; Guilherme (Ruy Netto) e Wellington (Hugo)
Técnico: Marcelo Buarque

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, João Filipe, Antônio Carlos e Guilherme (Lucas Zen); Arévalo, Somália, Cidinho e Everton (Bruno Tiago); Herrera e Loco Abreu (Caio)
Técnico: Caio Junior

 

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG