Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo estreia na Copa do Brasil para apagar histórico ruim no torneio

Cariocas vão à Paraíba encontrar o Treze lutando contra fracassos amargados nas edições passadas da competição

Gazeta |

Único dos grandes clubes do Rio de Janeiro fora da Copa Libertadores, o Botafogo vê na Copa do Brasil a grande oportunidade de dar uma boa resposta aos seus torcedores no primeiro semestre. A estreia na competição acontecerá nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra o Treze-PB, no Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). O clube vem amargando fracassos na competição nos últimos anos. Já foi eliminado por Gama-DF, Paulista-SP, Ipatinga-MG, Americano-RJ e Santa Cruz-SP. Em algumas ocasiões, penou para eliminar São Raimundo-PA e River Plate-SE. No ano passado caiu nas oitavas de final para o Avaí em confronto que teve uma pancadaria generalizada no fim.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Agência O Globo
Botafogo terá o reforço de Elkeson, que retorna de lesão na panturrilha

Disposto a apagar essa péssima imagem na Copa do Brasil, título que jamais conquistou, o Botafogo espera erguer a taça, e para isso é fundamental começar a caminhada com um bom resultado.

Gazeta Press
Ainda fora de forma, Jobson continuará no banco de reservas
"Nós sabemos que o título da Copa do Brasil pode representar muitas coisas boas para o Botafogo nesta temporada. Permite, por exemplo, um planejamento antecipado para a disputa da Copa Libertadores. Dá ao time tranquilidade para disputar o Campeonato Brasileiro com boas chances de ganhar. Portanto, queremos muito essa conquista. Para isso é importante começarmos bem contra o Treze, conquistando um grande resultado", afirmou o goleiro Jéfferson.

Leia também: Mesmo ainda fora de forma, retorno de Jobson no Bota agrada Oswaldo

Caso conquiste uma vitória por dois ou mais gols de diferença, o Botafogo vai se classificar sem a necessidade de realização do jogo da volta, previsto para a próxima semana, no Rio de Janeiro. Os jogadores, porém, preferem cautela ao analisarem esse aspecto.

"Nós sabemos que eliminar o jogo da volta será muito benéfico, pois assim ganharíamos tempo na agenda da próxima semana para treinarmos. O desgaste é muito grande pelo excesso de jogos, e é sempre bom ter a semana livre para trabalhar. Porém, também temos consciência de que teremos nesta quarta-feira um adversário disposto a fazer de tudo para levar a decisão para o Rio de Janeiro. Não podemos nos afobar ou atropelar as prioridades. Precisamos pensar primeiro em ganhar a partida e depois em garantirmos a classificação antecipada", disse o volante Renato.

AE
Loco Abreu nem viajou à Paraíba para aprimorar a forma física
Em relação ao time que vai a campo, o Botafogo não terá o atacante Loco Abreu, que ficou no Rio de Janeiro aprimorando a forma física. O uruguaio não atravessa um bom momento e será preservado para o clássico do próximo domingo contra o Vasco. O volante Marcelo Mattos, com dores na coxa esquerda, e os meias Fellype Gabriel, que se recupera de uma pancada recebida na cabeça, e Andrezinho, se recuperando de lesão na coxa direita, sequer viajaram com a delegação. As boas notícias ficam por conta da volta do meia Elkeson, que se recuperou de uma lesão na panturrilha esquerda, e do apoiador Maicosuel, recuperado de estiramento na coxa direita. No entanto, ele vai começar o confronto no banco de reservas, assim como Jobson, que não suporta noventa minutos ainda.

Pelo lado do Treze, quarto colocado no Campeonato Paraibano, com 15 pontos conquistados, o técnico Marcelo Vilar pretende ver uma equipe determinada, capaz de levar a decisão para o jogo da volta.

"Estamos concentrados no Botafogo. Temos algumas dificuldades para montar a equipe, mas estamos dispostos a conseguir um bom resultado, que nos permita decidir a nossa sorte no Rio de Janeiro", disse o comandante do time paraibano.

O Treze tem muitos problemas para este jogo. O lateral direito Ferreira e o volante Neto Maranhão, que deixaram o empate por 2 a 2 com o Sousa no domingo, pelo Campeonato Paraibano, com dores na coxa direita, estão vetados. O atacante Thiago Cunha, suspenso, é outro que fica de fora. Já o lateral esquerdo Cleiton Cearense e o atacante Márcio Carioca, que estavam com fadiga muscular, irão a campo. Na lateral-direita, Celso será escalado, enquanto Vavá ganha uma oportunidade no ataque. O volante Amaral Rosa, contratado na semana passada, já está com a documentação toda regularizada na CBF e será escalado como titular, podendo fazer a sua estreia pelo Treze.

FICHA TÉCNICA
TREZE-PB X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)
Data: 14 de março de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Luiz Carlos Teixeira (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

TREZE: Beto, Celso, Anderson, Cenedesi e Cleiton Cearense; Leomir, Amaral Rosa, Rone Dias e Doda; Vavá e Márcio Carioca
Técnico: Marcelo Vilar

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Renato, Felipe Menezes e Elkeson; Caio e Herrera
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Leia tudo sobre: copa do brasil 2012botafogotreze-pb

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG