Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo enfrenta o Avaí em meio à maratona de jogos decisivos

Equipe terá três partidas importantes em apenas uma semana. Caio Júnior escala mais um atacante

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O Botafogo começará uma maratona de partidas decisivas nesta quarta-feira, quando enfrenta o Avaí, às 19h30, no estádio Engenhão, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Em uma semana, serão três confrontos que podem definir o futuro do time no primeiro semestre. Além do duelo pelo torneio nacional, com a derrota para o Flamengo no último domingo, o Botafogo corre o risco de ficar de fora da semifinal da Taça Rio, no estadual e tem partida importante contra o América no próximo domingo.

Com pouco tempo para treinar, o técnico Caio Júnior lamenta o calendário apertado do futebol brasileiro e espera conseguir evoluções no futebol apresentado pela equipe carioca através da conversa. "Estou aqui há 15 dias. Se observar que foram quatro jogos, e que não posso realizar treinos completos um dia antes e um dia depois das partidas, sobraram apenas três dias para trabalhar bem com o elenco. Então estamos trabalhando muito mais na informação, no vídeo, na palavra. Eles entenderam e compraram essa ideia de que o Botafogo precisa ter mais qualidade e posse de bola", declarou o treinador do Botafogo.

Além da série de jogos decisivos, o Botafogo decidirá a vaga contra o Avaí fora de casa, na Ressacada. Por isso, o pensamento dos jogadores é de não sofrer gols no Engenhão para ter uma partida mais fácil na volta. "A responsabilidade aumenta por fazer a segunda partida fora de casa. Temos que fazer nosso papel, buscar um resultado positivo e não tomar gol. Se ganhar de 2 a 1 em casa, e perder de 1 a 0 depois, vamos ficar fora. É fazer o máximo de gols possíveis em casa e não levar gol", disse o zagueiro João Filipe.

Para o goleiro Jefferson, o momento conturbado no Campeonato Carioca não deve influenciar na partida desta quarta-feira. "Sabemos que na Copa do Brasil não existe uma segunda chance. Temos que nos impor jogando em casa e só depois vamos pensar no Campeonato Carioca. Temos que ganhar bem nesta quarta-feira, apesar da qualidade do Avaí, para irmos com moral para a última rodada da Taça Rio", disse o goleiro do Botafogo.

E para tentar fazer um bom resultado em casa, o técnico Caio Júnior realizou mudanças no Botafogo. O treinador dará uma chance ao atacante Caio, que entra na vaga do volante Bruno Tiago. Outra mudança é o retorno do lateral esquerdo Márcio Azevedo, que cumpriu suspensão diante do Flamengo e volta na vaga do volante Somália, que atuou de improvisado no setor.

Para Caio Júnior, o xará atacante pode dar mais movimentação para o setor ofensivo do Botafogo. "Quero que o Caio seja um ponta de lança, ele vai jogar em uma posição um pouco diferente da habitual. Acho que está faltando um jogador que chegue mais na área por dentro. É uma situação para esse jogo, não sei se mais para frente vai acontecer de novo", disse o treinador.

Em mau momento no Campeonato Catarinense, onde terminou em oitavo no primeiro turno e agora busca recuperação, o Avaí aposta suas fichas na Copa do Brasil. O técnico Silas aposta no formato diferente da competição, que é eliminatória, para tentar surpreender o Botafogo. "Vamos para um jogo diferente, dentro de um mata-mata, porém contra um adversário que tem grande qualidade e jogadores muito experientes. É muito importante conseguirmos fazer um resultado que leve a classificação a ser decidida em nossa casa", lembrou o treinador.

Para este compromisso Silas terá um importante desfalque. O meia Marquinhos, capitão da equipe, sentiu uma lesão na coxa esquerda e não estará em campo. O jovem Marquinhos Gabriel, emprestado pelo Internacional no começo da temporada, deve ser o responsável pela armação das jogafas. Após ter usado o 4-4-2 na vitória sobre o Marcílio Dias, no último domingo, o treinador retorna ao 3-5-2 para o confronto desta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X AVAÍ

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de abril de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: José Silveira (RS) e Carlos Maia (RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson; Alessandro, Antônio Carlos, João Filipe e Márcio Azevedo; Arévalo, Marcelo Mattos, e Everton; Caio, Herrera e Loco Abreu
Técnico: Caio Junior

AVAÍ: Renan; Émerson Nunes, Cássio e Gian; Julinho, Marcinho Guerreiro, Fabiano, Marquinhos Gabriel e Felipe; Rafael Coelho e William
Técnico: Silas

Leia tudo sobre: botafogoavaícopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG