Resultado deixa time alvinegro na vice-liderança do Grupo A da Taça Rio. Tricolores amargam a 3ª posição

Botafogo e Fluminense ficaram no empate em 1 a 1 na noite deste domingo, no Engenhão, pela 6ª rodada da Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca. O time alvinegro saiu na frente, com Elkeson , mas os tricolores igualaram logo o marcador por intermédio de Fred . Com o resultado, a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira chega a 14 pontos, ocupando a vice-liderança do Grupo A. Já o Fluminense, com sete, está em terceiro na outra chave. Menos mal que o time de Abel Braga já está assegurado na final do estadual por ter conquistado a o primeiro turno.

Veja a classificação do Carioca

O técnico Abel Braga surpreendeu ao mandar a campo o time principal. Na véspera do clássico, nas Laranjeiras, ele treinara uma formação mista. Quando a bola rolou, no entanto, lá estava o Fluminense com sua força máxima. E por pouco a equipe não abriu o placar, aos 7 minutos, com Fred. Após falha de Jefferson, o atacante, de cabeça, quase fez 1 a 0, mas o goleiro se recuperou a tempo, evitando o gol.

Veja também: Vágner Love decide e Flamengo vence o Bangu por 2 a 1

Mas apesar de estar com seu time principal, o Fluminense não traduziu em campo tal superioridade. Suas armas na etapa inicial se limitavam às jogadas em velocidade pela esquerda com Welington Nem. Mas sem surtir efeito. Em um contra-ataque, o veloz atacante tentou Fred na área, mas Jefferson se antecipou à jogada, impedindo a finalização do camisa 9 tricolor.



O Botafogo, por sua vez, foi tomando a iniciativa do jogo. Conseguia ter mais a posse de bola, e envolvia a equipe adversária com boa movimentação. E assim chegou ao go aos 17 minutos. A jogada começou com Fellype Gabriel no meio-campo. A bola parou nos pés de Andrezinho, que a conduziu deixando Elkeson em excelente condição para marcar. O atacante alvinegro, frente a frente com Diego Cavalieri, tocou por cima, na saída do goleiro, fazendo 1 a 0 Botafogo.

Mas o gol acordou o Fluminense. E numa jogada de Wellington Nem pela esquerda, coube a Fred igualar o marcador. O cruzamento rasteiro obrigou o atacante a dar um carrinho para empurrar a bola, que só morreu no fundo da rede porque houve ainda o desvio de Antônio Carlos.

Deco domina marcado por Márcio Azevedo no duelo do Engenhão
Gazeta Press
Deco domina marcado por Márcio Azevedo no duelo do Engenhão

O Fluminense gostou do jogo e teve a chance de ficar na frente com Wellington Nem. Desta vez, a boa jogada saiu dos pés de Deco, que deu um belo drible em um zagueiro e rolou para o atacante. Após se livrar de um marcador, Wellington Nem chutou forte, por cima do gol de Jefferson, mas com perigo.

No segundo tempo, o panorama foi parecido. As duas equipes tocavam a bola, mas sem grandes chances de perigo. Fred foi substituído por cansaço muscular. No Botafogo, Jóbson entrou no lugar de Andrezinho, que saiu de campo machucado.

O Botafogo assustou em dois lances. No primeiro, Fellype Gabriel, de cabeça, tentou surpreender Cavalieri, que estava bem colocado. Em outra jogada que levantou suspiro da arquibancada, Herrera, de fora da área, acertou a trave direita do goleiro tricolor, que estava vendido na jogada.

FICHA TÉCNICA – FLUMINENSE 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1 de abril de 2012 (Domingo)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Caveleiro (RJ)
Assistentes: Silbert Sisquim (RJ) e Luiz Cláudio Regazonne (RJ)

GOLS:
Botafogo:
Elkeson, aos 17 minutos do primeiro tempo
Fluminense: Fred, aos 34 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Deco, Edinho,

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Leandro Euzébio e Carlinhos; Jean, Valencia, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem (Rafael Sóbis) e Fred (Rafael Moura)
Técnico: Abel Braga

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Fellype Gabriel, Andrezinho (Jóbson) e Elkeson (Caio); Herrera
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.