Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo define futuro de Jobson nesta terça-feira

Na reunião, os dirigentes e o treinador vão decidir se o atacante voltará a treinar com o grupo nesta semana

Gazeta Esportiva |

A diretoria do Botafogo vem tomando o máximo de cuidado para evitar que o assunto possa atrapalhar o time nesta reta final de Campeonato Brasileiro, mas as indisciplinas do atacante Jobson, que já causaram muita irritação ao elenco, serão discutidas nesta terça-feira, assim como o futuro do atleta, em uma reunião marcada para a sede de General Severiano, da qual participarão André Silva, vice-presidente de futebol, o gerente de futebol, Anderson Barros, e o técnico Joel Santana.

Jobson foi cortado da relação de atletas que enfrentaram e venceram o Grêmio Prudente por 3 a 1, no fim de semana, por ter chegado cerca de duas horas atrasado à concentração da equipe, na noite de sexta-feira. O episódio causou muita irritação nos demais jogadores e Joel Santana e os dirigentes preferiram dar uma demonstração de força, afastando-o. Além disso, Jobson foi multado em 40% do salário.

Na reunião desta terça-feira os dirigentes e o treinador vão decidir se Jobson voltará a treinar com o grupo nesta semana. O elenco, que ganhou folga nesta segunda-feira, vai se reapresentar e iniciar a preparação para a partida do próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), contra o Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS), pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

O Alvinegro precisa de um triunfo para terminar a competição em quarto lugar e ficar perto da vaga na Copa Libertadores. No encontro também será definido se o atacante será relacionado contra os gremistas. Joel Santana foi o único a comentar o caso e evitou dar qualquer sinal da decisão que pretende tomar, mas demonstrou irritação com Jobson.

"Tivemos que tomar essa primeira decisão (afastar Jobson) porque ele não cumpriu o horário. Vamos sempre cobrar disciplina, ainda mais porque esse grupo aqui tem isso como uma prioridade e sempre foi muito elogiado por conta disso. Aqui as coisas não irão descambar para a indisciplina e não vamos passar a mão na cabeça dele", afirmou Joel.

Após a conversa, onde os dirigentes saberão se Joel quer contar com o atleta contra o Grêmio, Anderson Barros e André Silva irão se reunir com o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, para tratarem do que será feito com Jobson na próxima temporada. Dificilmente ele vai permanecer em General Severiano, mas, devido ao investimento feito em sua contratação, o Glorioso deverá tentar emprestar o jogador ou negociá-lo em definitivo, e não apenas rescindir seu contrato.

Jobson despontou pelo Botafogo na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, quando se tornou um dos principais nomes da equipe que escapou do rebaixamento na última rodada. Porém, naquelas partidas o exame antidoping realizado por ele acusou a presença de drogas, que levaram a suspensão por seis meses. Cumprida a pena e com os direitos federativos ligados ao Brasiliense, ele acabou acertando o retorno ao Botafogo, apesar de o assédio do Flamengo.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG