Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Botafogo começa a luta pelo bicampeonato contra o Duque de Caxias

Com base de 2010 mantida e reforços, clube começa o Campeonato Carioca tentando evitar surpresas

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O Botafogo começa nesta quinta-feira, às 17h, no estádio Engenhão, contra o Duque de Caxias, a caminhada rumo ao bicampeonato carioca. Se o clube não se reforçou com estrelas como o Flamengo e Fluminense, a diretoria de General Severiano manteve a base de 2010, sexta colocada no Campeonato Brasileiro, e trouxe reforços para posições carentes do elenco.  Os laterais Lucas e Márcio Azevedo chegaram para reforçar o setor, assim como o zagueiro João Filipe, os volantes Rodrigo Mancha e Arévalo Ríos, e os meias Fabrício e Everton.

Para o técnico Joel Santana, a base mantida irá ajudar na estreia, já que os jogadores ainda não adquiriram o condicionamento físico ideal. "Ter mantido a base dá uma expectativa de ter uma equipe ciente do que você quer. Não podemos deixar o adversário encaixar o contra ataque. A estreia é sempre complicada, deixa tenso. Viemos de um amistoso bom, mas foi só um, não dá firmeza. O começo de trabalho é sempre difícil, a equipe está mais ou menos montada, mas você não sabe como vai responder", disse Joel Santana.

O treinador busca o nono título estadual da carreira. Tendo sido campeão em 1992, 1993, 1995, 1996, 1997, 2008 e 2010, além de considerar o título com o Vasco em 1987, quando dirigiu a equipe em quase toda campanha, Joel garante que o objetivo principal é coletivo. "Até hoje eu ganhei muitos títulos e, por isso, não faz diferença ser o maior campeão do Rio de Janeiro. O mais importante é ajudar o Botafogo a se sagrar bicampeão", declarou o treinador botafoguense.

Gazeta Press
Reforço para a lateral, Márcio Azevedo será uma das baixas na estreia no Carioca
Para a estreia no Campeonato Carioca, Joel terá dois desfalques. O atacante Herrera, expulso na final da Taça Rio do ano passado, terá que cumprir um jogo de suspensão. Já o lateral-esquerdo Márcio Azevedo, que treinou como titular durante toda a pré-temporada, teve problemas jurídicos e não foi registrado na Federação de Futebol do Rio de Janeiro. Assim, Caio deve formar dupla com Loco Abreu no ataque, e o jovem Guilherme entra na ala-esquerda. O treinador também pode improvisar o volante Somália no setor.

No Duque de Caxias, espiões não vão faltar para revelar dicas sobre o Botafogo, que emprestou Gabriel, Alex Lopes, Felipe Lima, Júnior, Jougle e Rodrigo Dantas para a equipe da baixada fluminense. O clube contratou o técnico Arthur Bernardes e renovou com o atacante Somália, destaque na campanha do acesso à série B. Para o treinador, uma surpresa pode acontecer logo na estreia.

"É um primeiro jogo, valendo três pontos, contra um grande, é sempre diferente. Será difícil, pois vamos enfrentar um time que sabe que precisa vencer, mas se jogarmos o que a gente sabe, podemos surpreender”, concluiu.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X DUQUE DE CAXIAS

Local: estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de janeiro de 2011, quinta-feira
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá

BOTAFOGO: Jefferson; João Filipe, Antônio Carlos e Márcio Rosário; Lucas, Marcelo Mattos, Somália Renato Cajá e Guilherme (Fahel); Caio e Loco Abreu
Técnico: Joel Santana

DUQUE DE CAXIAS: Erivélton, Lucão, Fábio Braz e Marlon; Gerônimo, Juninho, Lenon, Lenílson e Ari; Somália e Geovane Maranhão
Técnico: Arthur Bernardes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG