Argentino destacou a participação da seleção nas Eliminatórias para a última Copa do Mundo e no Mundial

O argentino Claudio Borghi foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira como novo técnico da seleção chilena e em sua primeira entrevista coletiva no cargo afirmou que quer seguir o trabalho de seu antecessor, seu compatriota Marcelo Bielsa.

"Nós nos sentimos capazes, conhecedores do meio, de grande parte dos jogadores. Veremos se podemos aproveitar a posição em que Bielsa nos deixou no mundo do futebol", afirmou Borghi, que destacou a participação do Chile nas Eliminatórias para a última Copa do Mundo e no Mundial.

O treinador chegou ao cargo com um contrato até o término da fase de classificação para a Copa de 2014, prorrogável automaticamente se o país se classificar, e receberá US$ 1,5 milhão anuais.

O primeiro compromisso de Borghi é formar um elenco para enfrentar Portugal em amistoso em Leiria, no dia 26 de março. Ainda não está confirmado um confronto diante da Dinamarca, três dias depois.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.