Tamanho do texto

Recuperado de lesão, centroavante não teme concorrência e promete recuperar espaço no Grêmio

A pergunta foi simples e a resposta, forte. A reportagem do iG quis saber se Borges admitia estar em desvantagem em relação a André Lima, o centroavante que terminou 2010 como titular e de contrato renovado por duas temporadas com o Grêmio. Então, veia a análise:

“Não estou atrás do André. Antes de me machucar, era titular absoluto. É ano novo, vida nova. Sei do meu potencial e que posso voltar a dar muitas alegrias ao time”.

Borges está otimista em voltar a ser titular
Borges está otimista em voltar a ser titular
O pensamento de Borges não foi uma crítica a escolha de Renato Gaúcho por André, apenas uma prova da sua autoconfiança. Desde o começo da pré-temporada, na última segunda-feira, o jogador mostrou estar recuperado da lesão na tíbia da perna esquerda. Participou de todos os treinos, correu, chutou e, principalmente, não sentiu dores.

“Foram mais de três meses sem jogar, então, é lógico que demorarei a recuperar a forma física. O importante é estar recuperado”, afirmou.

A decisão, lógico, caberá a Renato. Borges não quis comentar a possibilidade de a equipe atuar com três atacantes, ainda com Jonas e André Lima. Disse ser necessário esperar a decisão do treinador.

Borges atuou em 13 jogos e fez três gols no Brasileirão antes de se machucar, dia11 de setembro, contra o Corinthians. André Lima marcou 11 gols em 21 partidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.