Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bolton freia embalo do Tottenham e goleia rival por 4 a 2

Davies, duas vezes, Steinsson e Petrov marcaram os gols para o time da casa na abertura da rodada do Inglês

Gazeta Esportiva |

Vindo de uma vitória convincente sobre a Inter de Milão por 3 a 1, na Liga dos Campeões da Europa, o Tottenham era o favorito no confronto deste sábado, contra o Bolton, na abertura da 11ª rodada do Campeonato Inglês. No entanto, sem contar com o mesmo brilho de seu principal jogador, o lateral Gareth Bale, a equipe de Londres não jogou bem fora de casa, apesar de esboçar uma reação no final, e foi derrotada por 4 a 2. Os gols dos donos da casa foram marcados por Davies (dois), Steinsson e Petrov, enquanto os londrinos diminuíram com Hutton e Pavlyuchenko. 

Com o resultado, o Bolton chegou aos 15 pontos no Campeonato Inglês, mesmo número do Tottenham, mas está na frente do rival por ter um melhor saldo de gols (1 contra -1). Na próxima rodada do torneio, a equipe do Londres receberá o Sunderland na terça-feira, enquanto o Bolton medirá forças com o Everton, fora de casa, na quarta-feira.

O jogo
Atuando com dois brasileiros, o goleiro Gomes e o volante Sandro, o Tottenham não conseguiu repetir o bom futebol apresentado nas últimas partidas e acabou cedendo o resultado para o time da casa, que é inferior tecnicamente, mas que atuou com vontade e organização.

Desde o início, as principais chances foram criadas pelo Bolton. Aos 24 minutos, o atacante Kevin Davies arriscou um chute de fora da área que Gomes teve dificuldade para rebater. Sete minutos depois, o gol da equipe da casa saiu graças a duas falhas, uma do brasileiro Sandro e outra da arbitragem.

Após passe errado do volante, a bola sobrou para Elmander, que lançou para Davies, que estava impedido. Entretanto, o auxiliar errou ao não marcar a infração, o que facilitou a vida do atacante, que deslocou Gomes para abrir o placar, que permanceu assim até o final da primeira etapa.

No segundo tempo, o Tottenham começou assustando o adversário. Aos seis minutos, Gareth Bale cobrou falta e a bola bateu caprichosamente na junção da trave com o travessão.

Porém, o Bolton contava com a sorte a seu favor, e marcou o segundo gol em uma jogada de velocidade que Steinsson aproveitou para bater no contrapé de Gomes para ampliar a vantagem.

Aos 31 minutos, Young-Lee recebeu dentro da área e foi empurrado por Assou-Ekotto. Na cobrança da penalidade, Davies bateu forte no ângulo superior esquerdo de Gomes e não deu oportunidade para o brasileiro defender.

Quando parecia que o placar do jogo permaneceria 3 a 0, o Tottenham resolveu reagir e conseguiu dar emoção à partida nos momentos finais. Aos 37 minutos, Hutton fez jogada pela direita, puxou a bola para a perna esquerda e acertou o ângulo do gol do Bolton.

Logo depois, aos 42 minutos, o russo Pavlyuchenko aproveitou a sobra de um cruzamento vindo da direita e bateu forte para o gol, fazendo um golaço, o segundo dos visitantes.

Lutando para empatar o placar, o Tottenham deixou o contra-ataque livre para o Bolton, e os donos da casa aproveitaram bem essa arma aos 49 minutos da segunda etapa, quando Petrov saiu na cara de Gomes, chutou para o fundo das redes e definiu a goleada do Bolton.

Leia tudo sobre: futebol internacionalinglaterrainglês 2010

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG