Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bolívia pode ser mais ofensiva na partida contra a Costa Rica

Após surpreender a Argentina, time do técnico Gustavo Quinteros pode começar o jogo com o atacante Arce

Gazeta |

Depois de surpreender a Argentina na estreia da Copa América, ao conseguir um empate por 1 a 1 em pleno Estádio Ciudad de La Plata, a Bolívia ganhou confiança para buscar a classificação para as quartas de final do torneio. Ciente de que a partida contra a Costa Rica, na próxima quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), em Jujuy, será fundamental para as pretensões da equipe, o técnico Gustavo Quinteros já cogita implantar um esquema mais ofensivo para este duelo.

"Fazendo uma mudança, colocando um jogador com mais técnica individual, como o (atacante) Arce, podíamos ter essa variante. Temos que sair mais para ganhar da Costa Rica, porque esta partida pode ser a mais decisiva desta fase", afirmou Quinteros.

A possível substituição na Bolívia pode se dar se o meia Jhasmani Campos não se recuperar a tempo de uma contratura muscular. Neste caso, os atacantes Arce e Rudy Cardozo seriam as opções mais ousadas. Mesmo com a presença de Campos, outra possibilidade seria a saída de Joselito Vaca para a entrada de um desses dois jogadores, o que levaria ao recuo de Edivaldo Rojas para o meio de campo.

Depois da estreia positiva na Copa América, o técnico da Bolívia sabe que a partida contra a Costa Rica será menos atrativa do que o duelo contra os hermanos, mas espera que este fato não atrapalhe o desempenho de seus jogadores.

"Vamos ser sinceros, a motivação de jogar contra a Costa Rica não é a mesma de jogar contra a Argentina em uma estreia no torneio, mas temos que ter sempre uma atitude e uma mentalidade vencedora, sem nunca relaxar", pediu Quinteros.

Leia tudo sobre: futebol mundialbolíviacopa américa 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG