Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bolatti quer esquecer a Libertadores e focar o clássico Gre-Nal

Volante do Inter assegura que derrota para o Peñarol não vai abalar o desempenho contra o Grêmio

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Gabriel Cardoso
Bolatti foi um dos destaques do Inter, fazendo três gols na Libertadores
A Libertadores já é passado. Os jogadores do Inter apareceram bastante abatidos nesta quinta-feira, mas o pensamento é de olhar pra frente. O volante Bolatti diz que a partir de sexta-feira a decepção já vai ter passado e convida o torcedor a pensar no futuro.

“Também acreditávamos em chegar na final. Entendo a bronca das pessoas. Nós, mais que ninguém, queríamos estar na final. A torcida sempre esteve ao nosso lado, tomara que possamos conseguir um monte de coisa juntos até o fim do ano”, disse.

O volante revelou que prefere não ficar remoendo os erros. A partida contra o Peñarol já ficou no esquecimento.

“Prefiro não olhar muito (o jogo), talvez depois de dois ou três dias. Seria para me amargar mais. Temos um Gre-Nal importantíssimo e precisamos olhar pra frente. A tristeza também não vai durar até a partida. Hoje é o dia seguinte da eliminação, mas amanhã já vamos pensar no Gre-Nal. Futebol é assim, vai passar. Tenho certeza de que o que aconteceu ontem não vai afetar em nada”, assegurou.

Os jogadores realizaram trabalho físico na tarde desta quinta-feira. Bolívar, Kléber, Andrezinho e D´Alessandro, que estavam mais desgastados, ficaram no vestiário. Os outros titulares correram por cerca de 20 minutos no gramado suplementar.

Nos treinos de sexta-feira e sábado o técnico Falcão vai definir qual time escalar para o clássico Gre-Nal. Guiñazu, suspenso, será desfalque. Inter e Grêmio se enfrentam domingo, às 16 horas, no estádio Beira-Rio, pelo jogo de ida da decisão estadual.
 

Leia tudo sobre: InternacionalBolatti

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG