Time quer usá-la em um jogo entre Huracán e Gimnsasia, mas depois promete devolvê-la ao atacante

AFP
Em grande festa na Bombonera, Palermo recebeu uma trave de presente, mas pode devolvê-la
O atacante Martín Palermo terá que devolver a trave do estádio La Bombonera que ganhou do Boca Juniors após seus jogo de despedida, no último dia 12. O clube pediu o presente de volta, pois não terá tempo de repor o arco para a partida entre Huracán e Gimnsasia, marcada para a quarta-feira.

"Não houve problema em pedir a Palermo para devolver a trave. Nós a colocaremos de volta, usaremos para o jogo e logo ela estará à disposição de Martín novamente", declarou Juan Carlos Crespi, vice-presidente do Boca.

Maior artilheiro da equipe argentina com 227 gols, Palermo não se importou em ter que devolver a trave. "Foi um presente lindo. Não tem problema que a usem. Só peço que não tirem a placa com o meu nome", disse o jogador que, além da trave, foi homenageado com uma festa pelo clube e torcedores que lotaram o La Bombonera.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.