Clube domina a partida e supera o Banfield com dois gols de Cvitanich e um de Diego Rivero

O Boca Juniors goleou neste domingo em La Bombonera o Banfield por 3 a 0 e, faltando duas rodadas para o término do Torneio Apertura 2011 do Campeonato Argentino, se tornou campeão da competição, seu 24º título do futebol da Argentina. Darío Cvitanich, aos 10 e 44 minutos, e Diego Rivero, a 1 do segundo tempo, fizeram os gols da equipe comandada por Julio César Falcioni, em partida da 17ª rodada.

Em um dia de festa do começo ao fim, o Boca dominou o jogo quase desde o minuto inicial e colocou uma vantagem de 12 pontos na classificação em relação a seu concorrente imediato, o Tigre, que visita nesta segunda-feira o San Lorenzo e que só pode conseguir nove pontos no máximo. O Boca, que está a 27 partidas invicto, precisava de apenas um ponto contra a equipe de Ricardo La Volpe para se tornar campeão, mas saiu para o jogo como se se tratasse de uma verdadeira final.

Seu rendimento foi tão sólido e homogêneo que não precisou de muito brilho para superar um inexpressivo Banfield, lanterna da competição. Quis o destino que Cvitanich, ex-Banfield, abrisse o placar para o Boca com um chute seco de dentro da área, mal tinha começado a partida, e no final do primeiro tempo aumentasse a vantagem do time da casa para 2 a 0 com uma linda finalização após cobrança de escanteio.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Diego Rivero cravou uma bomba que entrou por cima do goleiro Cristian Lucchetti e fechou o placar para o Boca. Com 3 a 0 no bolso, Falcioni se deu ao luxo de colocar em campo sua máxima estrela, Juan Román Riquelme, ausente por lesão nos últimos cinco jogos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.