Tamanho do texto

Com os direitos presos ao Flamengo, jogador não pode ser escalado contra o clube ao qual pertence

A diretoria do Boavista decidiu não deixar o meia Erick Flores à disposição do técnico Alfredo Sampaio e o jogador será desfalque na decisão da Taça Guanabara , no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), contra o Flamengo , no Engenhão. O jogador, que está emprestado ao time da região dos lagos, tem os direitos federativos ligados ao clube da Gávea e uma clausula contratual impede que ele seja escalado em partidas contra seu ex-clube.

"Vou ficar na torcida pelos meus companheiros e espero que o Boavista conquiste esse título. Nada contra o Flamengo, que guardo no coração, mas porque sempre jogo por um time, me disponho a fazer dele campeão', disse o jogador.

O desfalque de Erick Flores não chega a ser um grande problema para Alfredo Sampaio, uma vez que o meia só vinha entrando no segundo tempo dos confrontos. O treinador não confirma, mas deve repetir a escalação que derrotou o Fluminense, nos pênaltis, nas semifinais.

"Vamos aguardar todos os treinos da semana. Mas o Boavista vem rendendo o esperado e não vejo motivos para mudanças em grande escala", afirmou o treinador.

Para este jogo, Alfredo dificilmente vai poder contar com o lateral direito Joílson , ex- Botafogo e São Paulo , que segue se recuperando de lesão na coxa direita, que o afastou do duelo contra o Fluminense . O volante reserva Roberto Lopes , que cumpriu suspensão diante do time das Laranjeiras por acúmulo de cartões amarelos, volta a ficar à disposição no banco de reservas.

Dessa maneira, o Boavista deverá ir a campo neste domingo com a seguinte escalação: Thiago, Bruno Costa, Gustavo, Santiago e Paulo Rodrigues; Julio Cesar, Edu Pina, Leandro Chaves e Tony; André Luis e Frontini.