Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Boa supera Vitória no Barradão e preocupa baianos

Time mineiro joga fechado e consegue segunda vitória seguida fora de casa

Gazeta |

Sob a batuta do técnico interino Ricardo Silva, o Vitória foi derrotado pelo Boa Esporte por 1 a 0, no estádio do Barradão, pela 14a rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, já são quatro derrotas consecutivas e a pressão sobre o elenco do Vitória começa a aumentar. Já do lado mineiro, a segunda vitória consecutiva fora de casa foi comemorada como um grande resultado.

O Vitória foi superior no primeiro tempo, com os atacantes criando boas chances, mas encontraram problemas de finalização. Já a equipe visitante permaneceu recuada na primeira etapa, criando apenas jogadas de contra-ataque, acordando no segundo tempo, sobretudo após o gol e a expulsão do atacante Rildo, do Vitória.

Agora, pela 15a rodada da Série B, o Vitória vai a Paulista enfrentar o Salgueiro no próximo sábado, às 16h20 de Brasília. Já o Boa-MG recebe o Sport Recife em Varginha, também no sábado, às 16h20.

O Jogo

O primeiro tempo começou frio. Embora o Vitória chegasse mais à meta do goleiro Luiz Henrique, Rildo e Geovanni não conseguiam concluir com precisão. O Boa-MG chegou poucas vezes ao gol do Vitória, pois estava jogando de forma defensiva e não conseguia criar jogadas de ataque.

A melhor chance dos rubro-negros aconteceu aos 37 minutos, em um chute forte de Rildo, que explodiu no travessão. Aos 40 minutos, o Boa conseguiu marcar um gol em Fernando, mas o juiz Cláudio Fonseca Silva e Lima assinalou impedimento do atacante Moisés.

Nos últimos minutos do primeiro tempo, a equipe do Vitória acordou na partida e passou a levar perigo efetivo aos mineiros. Aos 43, nova chance do Vitória: Em cobrança de falta de Geovanni, Geraldo pegou a sobra, mas o goleiro Luiz Henrique defendeu.

O Vitória voltou do intervalo com a mesma vontade do primeiro tempo, mas não conseguiu aproveitar as boas chances com Gabriel e Nino Paraíba. Aos 12 minutos, após confusão na área do Vitória, o zagueiro Thiago Carvalho aproveitou a sobra e, de cabeça, anotou o gol do Boa na partida.

Depois do gol, o jogo voltou a esfriar. O Boa, que já estava recuado, se fechou totalmente no setor defensivo. O Vitória, mesmo precisando do resultado, se desestabilizou e não conseguiu criar mais chances de gol.

Aos 20 minutos, o atacante Rildo, do Vitória, foi expulso após levar cartão amarelo e reclamar de forma agressiva com o árbitro. Com um jogador a menos, as chances do Vitória diminuíram consideravelmente. Dez minutos depois, em bobeada de Neto Coruja, o meio-campo Carlos Magno teve oportunidade e levou perigo à meta do goleiro Fernando, quase marcando o segundo da equipe mineira.

Nos últimos minutos de jogo, o Boa foi superior não só no placar como no jogo, tocando tranquilamente a bola no meio-campo e impedindo os rubro-negros de chegar à meta de Luiz Henrique.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 1 BOA ESPORTE

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 30 de julho de 2011 (sábado)
Horário: 16h20 (horário de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Silva e Lima (SE)
Assistentes: Ailton Farias da Silva (SE) e Rubens dos Santos filho (SE)

Cartão Amarelo: Neto Coruja, Gabriel Paulista e Rildo (Vitória) Thiago Carvalho, Higo (Boa-MG)
Cartão Vermelho: Rildo e Neto Coruja (Vitória)

Gol: BOA - Thiago Carvalho, aos 12 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Fernando; Nino Paraíba, Alison (Léo Fortunato), Gabriel Paulista e Fernandinho; Uelliton, Neto Coruja, Lúcio Flávio e Geraldo (Marquinhos); Rildo e Geovanni (Marcelo).
Técnico: Ricardo Silva

BOA ESPORTE: Luiz Henrique; Jackson, Thiago Carvalho e Marcelinho; Higo (Carlos César), Claudinei; Moisés, Olívio e Carlos Magno; Jheimy (Valdo) e Waldison (Pablo)
Técnico: Nedo Xavier

Leia tudo sobre: futebolsérie b 2011boaituiutabavitória

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG