Jheimy e Carlos César abriram 2 a 0 no primeiro tempo e time goiano descontou com David

O Boa Esporte se aproveitou de um início arrasador na tarde deste sábado e conquistou uma importante vitória por 2 a 1 sobre o Vila Nova , em pleno Serra Dourada, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols da vitória foram marcados por Jheimy e Carlos César, entre os 15 e os 21 do primeiro tempo, com David descontando para os donos da casa aos 44.

Veja a classificação completa do Campeonato Brasileiro da Série B

Com o resultado, os visitantes alcançaram os 32 pontos na tabela de classificação, mantendo-se a cinco do Americana e, consequentemente, do G-4. Enquanto isso, o Vila estacionou nos 24 pontos e viu o Guarani, que empatou na última sexta, jogá-lo para a zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, os goianos viajarão até o Heriberto Hulse para encarar o Criciúma, às 20h30 (de Brasília) de terça-feira. Já o time mineiro recebe, em Varginha, o Guarani, no mesmo horário.

O jogo 

Jogando para um público relativamente pequeno no Serra Dourada, o Vila não conseguiu pressionar o time mineiro. Aos 11 minutos, Carlos César conseguiu a primeira boa chegada, invadindo a área e batendo para boa defesa de Michel Alves. Logo depois, no entanto, Moisés cruzou para Jheimy, que cabeceou firme e abriu o placar.

Atordoado com o gol sofrido e sem conseguir sair do campo de defesa, o Vila aceitou a superioridade do rival. O Boa, com passes rápidos, logo chegou ao segundo gol. Carlos Cesár recebeu na direita, ajeitou e bateu cruzado, aos 21, marcando 2 a 0.

Sem alternativas, o time goiano via todas as suas jogadas pararem no meio-campo, mas acabou salvo pelo calor que dominava o gramado. Aos 30, o juiz determinou tempo técnico, o suficiente para Artur Neto conversar com seus atletas e arrumar a marcação. Mais atento, o time da casa chegou ao seu primeiro gol ainda na primeira etapa.

Após duas tentativas frustradas de Bergson, David recebeu na frente e bateu firme. Luiz Fernando ainda tentou, mas não conseguiu impedir que a vantagem fosse em apenas um gol para o intervalo.

No segundo tempo, o Vila veio disposto a encurralar as ações do adversário, mas mais uma vez pecou no passe final. Wando, que entrou no intervalo, tentou diversas vezes vencer a defesa na velocidade, mas não conseguiu.

Nos minutos finais, uma série de escanteios quase deu ao time da casa o empate, mas o Boa conseguiu sair de Goiânia com os três pontos.

FICHA TÉCNICA - VILA NOVA-GO 1 X 2 BOA ESPORTE

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 10 de setembro de 2011 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Fábio Filipus (PR)
Assistentes: José Carlos Dias Passos (PR) e Amílton Pontarolo (PR)
Público: 4.085 pagantes
Renda: R$ 27.923,00
Cartões Amarelos: Wando (Vila Nova); Higo (Boa)
Gols : Jheimy, aos 15, e Carlos César, aos 21 e David, aos 45 minutos do primeiro tempo

VILA NOVA: Michel Alves; Luizinho, Augusto, Ben Hur e Marquinhos; Jairo, Rossini (Ricardinho), Davi Ceará (Jô) e David; Bergson (Wando) e Leandro Cearense Técnico: Artur Neto

BOA ESPORTE: Luiz Fernando; Carlos César, Cassiano, Thiago Carvalho (Marcelinho) e Marinho Donizete; Claudinei, Jean Kleber, Moisés (Higo) e Carlos Magno; Jheimy e Ramón (Waldson)
Técnico: Nedo Xavier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.