Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Blatter dá à Rússia status oficial de país organizador da Copa

Presidente da Fifa encontrou-se com primeiro ministro russo, Vladimir Putin, e mostrou-se confiante

Gazeta |

Joseph Blatter, presidente da Fifa, deu à Rússia status oficial de país organizador da Copa do Mundo de Futebol de 2018. Após se reunir no último sábado com o primeiro ministro russo Vladimir Putin, o suíço elogiou o governo local e todo o país por ter obtido o direito de sediar o torneio, lembrando que o futebol é mais que apenas um esporte, é algo que une a sociedade.

undefined
Joseph Blatter no anúncio que deu à Rússia o direito de sediar a Copa de 2018

"Este é um momento muito importante para a Rússia. Estou convencido de que a decisão de confiar à Rússia a organização da Copa do Mundo foi correta. A Rússia organizará um mundial excelente. A Copa de 2018 será um catalisador do desenvolvimento social do país, abrirá novos horizontes para o futebol e vai despertar novos fãs", explicou Blatter.

A cerimônia ainda contou com a presença do ministro de Esportes russo, Vitaly Mutko, e o presidente da União de Futebol da Rússia, Sergey Fursenko. Segundo Mukto, a Rússia excederá as expectativas na próxima edição do torneio, reveldndo que o comitê organizador será criado ainda em janeiro de 2011.

O ministro ainda assegurou que toda a infraestrutura necessária para a realização do torneio, estará finalizada até 2017, quando a Rússia receberá a Copa das Confederações.

Quanto às sedes, Mutko relembrou que as cidades sede já estão decididas, as mesmas apresentadas no livro da candidatura vitoriosa no mês de dezembro em Zurique, vitoriosa sobre as propostas de Inglaterra, da Espanha e Portugal, e Holanda e Bélgica, estas duas últimas em conjunto.

A grande final será realizada no estádio olímpico Luzhniki de Moscou, com capacidade para 90 mil torcedores, enquanto uma das duas semifniais já foi definida, marcada para o estádio do Zenit, em São Petersburgo, com 68 mil assentos.

Leia tudo sobre: fifacopa 2018russiajoseph blattervladimir putin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG