João Filipe gosta do estilo de jogo do defensor da seleção brasileira e admitiu que já procurou sobre o alemão Beckenbauer

A rápida adaptação de João Filipe ao São Paulo fez com que o técnico Adilson Batista inventasse um apelido para o zagueiro: Blackenbauer, em referência ao alemão Franz Beckenbauer. Honrado com a homenagem, o camisa 21 mantém a humildade, mas admite ter consultado familiares e a internet para saber mais sobre o ex-líbero germânico, que não viu em ação.

João Filipe, zagueiro do São Paulo
Vipcomm
João Filipe, zagueiro do São Paulo
Siga o iG São Paulo no Twitter

"Fico feliz pelo apelido, mas Beckenbauer já tem história no futebol e eu só estou começando. Meu nome é João Filipe. Tenho que trabalhar muito ainda", comentou o jogador, que ficou surpreso ao ver o chefe fazendo a brincadeira.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

"Eu não vi o Beckenbauer jogar. Quando o Adilson falou isso, cheguei em casa e perguntei para a minha esposa se ela tinha visto. Ela disse que não e aí eu liguei para o meu pai. Ele falou que viu e eu brinquei com ele: 'agora você está vendo o Blackenbauer, o João Filipe'", contou o defensor, que não teve sucesso ao buscar imagens na internet. "Entrei no Google, procurei no Youtube e não consegui achar nenhum vídeo".

Antes encostado no Botafogo, João Filipe tem chamado atenção desde que chegou ao Morumbi. As boas atuações fizeram até com que diretoria são-paulina corresse para adquirir a totalidade de seus direitos econômicos. O contrato de empréstimo válido até o fim do ano foi substituído por um definitivo, por cinco temporadas.

"É sempre importante para um atleta saber que tem contrato longo. No Botafogo, eu sabia que o meu momento não era legal. Graças a Deus vim para o São Paulo e consegui mostrar meu valor", vibra, sem receio de enumerar suas virtudes. "Confio muito no meu potencial. É difícil ver zagueiro no mercado com a minha altura (1,90m), com a minha velocidade e que saiba sair bastante para o jogo", analisa.

A inspiração para o sucesso instantâneo está longe de ser Franz Beckenbauer. "Eu me inspiro no Lúcio e no Thiago Silva. Essas arrancadas que eu dou, aprendi com o Lúcio", completa o grandalhão, que é conhecido por arriscar pedaladas no setor ofensivo e já foi escalado como lateral direito por Adilson graças à desenvoltura com a bola nos pés.

*Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.