Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bin Hammam, rival de Blatter em eleição, critica investigação

Acusação de corrupção na Fifa irritou candidato à eleição para presidente da entidade máxima do futebol

iG São Paulo |

A eleição para presidente da Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados), que vai acontecer daqui uma semana, esquentou recentemente. O rival de Joseph Blatter na disputa, o catariano Mohamed Bin Hammam, passou a ser suspeito de corrupção e rapidamente respondeu às acusações.

"Esse movimento é pouco mais do que uma tática de quem não tem confiança na sua habilidade para ter sucesso na eleição presidencial da Fifa", declarou Bin Hammam, atavés de um comunicado oficial, referindo-se diretamente ao atual presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, que é candidato à reeleição.

A Fifa vai investigar Mohamed Bin Hammam por suspeitar que ele tenha oferecido propina a membros da Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe) na eleição que elegeu o Catar como sede da Copa de 2018. Jack Warner, atual vice-presidente da Concacaf, também será investigado. Segundo o jornal inglês "The Telegraph", o valor oferecido teria sido de US$ 40 mil (68 mil). Warner seria o homem que teria oferecido o valor a cada um dos 25 membros da Concacaf com voto na Fifa em reunião nos dias 10 e 11 de maio, quando Hammam esteve em Trinidad e Tobago fazendo campanha para o Catar.

Apesar da acusação, o rival de Blatter na eleição mostrou-se confiante de que nada será descoberto: "Hoje tem sido um dia difícil e doloroso para mim. Mas, se houver alguma justiça no mundo, essas alegações vão sumir com o vento", afirmou.

Além da investigação da Fifa, Bin Hammam também foi alvo de críticas da FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) nesta semana. A entidade manifestou-se principalmente contra a dissolução do Comitê Executivo da Fifa, uma das propostas do catariano caso ele vença a eleição a ser realizada no dia 1º de junho.

 

Leia tudo sobre: futebol mundialblatterfifabin hamman

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG