Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bernie Ecclestone estuda vender clube londrino por 112 milhões de euros

Magnata da F1 tem 62% do tradicional Queens Park Rangers, próximo de voltar à elite do Campeonato Inglês

EFE |

O chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, poderá vender o Queens Park Rangers, tradicional clube de Londres e que atualmente está próximo de retornar à elite do Campeonato Inglês, por 112 milhões de euros, segundo informação publicada nesta terça-feira pelo tabloide local "Daily Mail".

O jornal revela o valor estimado de uma operação que começou a ser especulada ao mesmo tempo em que o QPR passou a ocupar uma boa posição na segunda divisão, precisando apenas de um ponto em dois jogos para conseguir ser promovido.

O magnata da Fórmula 1, de 80 anos, cogitou no último fim de semana deixar o cargo na principal categoria do automobilismo caso esta passasse a ser controlada pelo grupo de comunicação News Corp, do australiano Rupert Murdoch. No que diz respeito ao QPR, Ecclestone conta com 62% do pacote acionário após ter comprado a parte do ex-chefe da escuderia Renault Flavio Briatore em dezembro passado.

No entanto, o chefe da F1 considera que é Briatore quem segue tendo a chave para uma possível venda do clube, pois, no momento em que foi fechado o acordo para a aquisição das ações, ficou estipulado que o italiano teria a opção de recuperar sua participação se o clube fosse vendido. Em março, foi divulgado que um grupo de empresários americanos e asiáticos estava interessado em comprar a parte de Ecclestone no clube londrino, que por sua vez informou em comunicado a realização de reuniões para analisar as possibilidades de negociação.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG