Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benfica, United e Basel disputam duas vagas nas oitavas da Liga

Manchester United, um dos favoritos, tem confronto direto com Basel. Já o Benfica só precisa de uma vitória sobre o Otelul Galati

Gazeta |

Carregado de emoção do início ao fim da disputa, o Grupo C da Liga dos Campeões da Europa terá sua definição nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), quando quatro clubes entram em campo. Dois dependem apenas de si mesmos para avançar, mas outro segue de olho em uma brecha para se garantir nas oitavas de final da competição continental.

Acompanhe todos os jogos do dia na Liga dos Campeões no Placar iG

O Manchester United, franco favorito no início da Champions, mas passado para trás pelo Benfica, vai a Basiléia lutar por uma vaga diante do Basel no caldeirão estádio St. Jakob Park. Ao mesmo tempo, no estádio da Luz, o Benfica precisa de uma vitória simples sobre o Otelul Galati, saco de pancadas do Grupo C para confirmar a ponta da chave.

Líder com nove pontos, o time português começou empatando com o Manchester na primeira rodada, mas venceu Otelul Galati e Basel e voltou a empatar nas últimas partidas contra o mesmo Basel e novamente contra os ingleses. Os mesmos nove pontos e uma campanha igual a do Benfica tem o Manchester, ao passo que o Basel tem um a menos em virtude da derrota sofrida.

Festa portuguesa para confirmar a liderança

"A nossa responsabilidade é sempre ganhar, independente de ficar em primeiro ou em segundo. Por isso, entramos sempre da mesma maneira em campo, para ganhar, sabendo que temos que respeitar o adversário". O adversário é o Otelul Galati, que não somou pontos na chave, mas as palavras do atacante Saviola resumem o sentimento do Benfica para a partida que pode valer a classificação e também a ponta do Grupo C.

Para apoiar a equipe, a torcida promete ir em peso ao estádio da Luz em reconhecimento à boa temporada que faz o time português, líder da chave e vice-líder do Campeonato Português com o mesmo número de pontos do Porto.

Alguns desfalques significativos preocupam ao técnico Jorge Jesus. O primeiro é do zagueiro Luisão, com uma lesão muscular no adutor da coxa direita, acompanhado de Enzo Pérez, que ainda não se recuperou da cirurgia do final de setembro. O último é Maxi Pereira, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos.

Óscar Cardozo volta ao time depois de cumprir suspensão, mas ainda é dúvida para Jorge Jesus entre os titulares. O treinador, aliás, está pensando alto: "Gostaria de jogar a final da Liga contra o Barcelona. Sei que é um caminho longo até lá, mas é o meu sonho".

Getty Images
Bruno Cesar também marcou o seu no empate com o Manchester United na última rodada

Emoções à flor da pele na Basileia

O que parecia improvável se tornou uma possibilidade real na reta final da Liga dos Campeões da Europa: a eliminação do Manchester United. Ainda na segunda colocação, o clube vai à Suiça encarar o Basel. O problema é que os donos da casa estão na terceira posição e o vencedor leva a vaga.

O principal objetivo é não repetir o ocorrido de sete anos atrás, quando uma derrota diante do Benfica deixou o Manchester United fora da segunda fase da competição continental e frustrou as expectativas do técnico Alex Ferguson e também do volante Fletcher, que nem pensa em viver esse momento outra vez.

"Vamos tentar tirar vantagem dessa experiência para nos certificar de que não volte a acontecer. Alguns de nós vivemos essa noite decepcionante e vamos conversar com o resto do grupo antes do jogo", comentou o meio-campista, que atribuiu aos empates dentro de Old Trafford a responsabilidade de ter que decidir fora de casa.

Cinco ausências por lesão dão problemas para Ferguson: os laterais brasileiros Fabio e Rafael, lesionados, e mais três atacantes: Michael Owen, Dimitar Berbatov e Chicharito Hernández. O último é o mais lamentado pelo treinador: "Ele é um jogador de velocidade e habilidade, importante para partidas duras como essa. Infelizmente não poderemos contar, é uma perda considerável".

Suspenso, Carrick é outra baixa. Os únicos motivos de comemoração, na verdade, são o retorno de Darron Gibson, que volta a ser relacionado depois de uma longa recuperação, e dos garotos Zeki Fryers e Larnell Cole, promovidos a pouco das categorias de base.

Veja as fotos da rodada de terça-feira da Liga dos Campeões

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG