Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benfica tem ações suspensas depois de venda de goleiro

Roberto Jiménez foi vendido ao falido Zaragoza por 8,6 milhões de euros um ano depois de ter sido comprado do Atlético de Madri por 8,5 milhões

iG São Paulo |

Getty Images
Tranferência de Roberto Jiménez para o Zaragoza causa problemas ao Benfica
O Benfica teve suas ações na bolsa portuguesa suspensas pela CMVM (Comissão de Mercado e Valores Mobiliários) na manhã desta quarta-feira. A decisão foi motivada pela venda do goleiro Roberto Jiménez ao Zaragoza, clube que está falido, por 8,6 milhões de euros .

A CMVM notificou o Benfica a dar detalhes sobre a negociação dos direitos econômicos e esportivos do atleta e seus valores. A equipe respondeu em comunicado que a transferência do goleiro foi concluída com dois contratos: um com o Zaragoza, que adquiriu os direitos esportivos, e outro com fundo de investimento espanhol, que ficará com a parte econômica.

O pagamento, segundo a agremiação portuguesa, seria de responsabilidade deste fundo de investimento e será feito de forma parcelada e está garantido por títulos de crédito. No entanto, o regulador financeiro alegou que o comunicado do clube português não esclareceu os pontos questionados e optou por suspender suas ações.

O valor que o Zaragoza irá desembolsar por Roberto gerou surpresas em Portugal. Muito criticado por suas atuações ao longo da última temporada, o goleiro havia sido comprado do Atlético de Madri em junho de 2010 por 8,5 milhões de euros.

*Com EFE

Leia tudo sobre: BenficaPortugalFutebol Mundialzaragozaespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG