Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benfica deve ser multado por apagar luzes em título do Porto

Atitude do clube português não foi considerada criminosa, mas deverá ser penalizada com uma pequena multa

Gazeta Esportiva |

Ao final do jogo entre Benfica e Porto, no estádio da Luz, que deu o título português à equipe visitante, os jogadores portistas comemoravam quando as luzes do estádio se apagaram e o sistema de irrigação do gramado foi ativado, deixando a festa molhada e às escuras.

O Benfica teria feito isso para não deixar que o rival comemorasse em seu estádio, porém causou certa indignação pela atitude anti-desportiva. O 'Apagão', no entanto, não foi considerado crime pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Portugal. Segundo o órgão, não há fundamentos para ser considerado crime e não houve abertura de processo. Apesar disso, o clube da Luz não deve se livrar de uma pequena multa.

O ato do Benfica, também por não haver precedentes e não constar especificamente no Regulamento Disciplinar da Liga Portuguesa, deve ser considerado como infração leve, sendo enquadrado no que toca à inobservância dos deveres do clube, cabendo uma multa de 250 a 2.500 euros, cerca de R$ 573 a R$ 5.700.

Além disso, a direção da Liga de Clubes Portugueses disse que não irá tomar nenhuma posição sobre o assunto, e que caberá a Comissão Disciplinar abrir ou não um inquérito contra o Benfica. Caso isso ocorra, o relatório do árbitro Duarte Gomes deve ser elemento chave no processo.

A polícia da cidade de Lisboa também manifestou desejo de punição ao Benfica. Segundo o subintendente Costa Ramos, "ao desligarem as luzes, puseram em risco a segurança de todos. As conseqüências poderiam ter sido lamentáveis".

No total, onze torcedores do Benfica foram presos arremessando pedras em direção ao banco de reservas do Porto. Um policial chegou a ser atingido.

Leia tudo sobre: futebol mundialportugalportobenfica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG