Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benfica bate o líder Lyon; Schalke segue na 2ª posição do grupo B

Portugueses venceram, mas não conseguiram chegar à vice-liderança do grupo

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861753261&_c_=MiGComponente_C

Jogando em casa, o Benfica abriu 4 a 0 (com dois gols de Fábio Coentrão e quatro assistências de Carlos Martins) contra o Lyon nesta terça-feira, pela quarta rodada do Grupo B da Copa dos Campeões. Contudo, a equipe portuguesa levou três dos franceses no segundo tempo e quase cedeu o resultado elástico que conquistou até os 22 minutos da etapa final.

Com essa vitória os portugueses subiram para seis pontos e seguem na terceira colocação. O Schalke 04 está em segundo com sete pontos, dois a menos que o líder Lyon. Na lanterna está o Hapoel Tel Aviv, com um ponto em quatro jogos. Mesmo assim, os israelenses mantém chances matemáticas de classificação para a próxima fase.

AP
Alan Kardec marcou um dos gols do Benfica na vitória sobre o Lyon


O jogo

O Benfica contou com três jogadores brasileiros como titulares: a dupla de zaga, formada por Luisão e David Luiz, além do atacante Alan Kardec, protagonista do primeiro gol da equipe.

Aos 20 minutos, Carlos Martins avançou pelo lado esquerdo e cruzou para o camisa 31 da equipe de Lisboa, que cabeceou firme no canto direito de Lloris.

Aos 32 minutos, o ala esquerdo Fábio Coentrão (titular de Portugal na última Copa do Mundo) recebeu novo passe de Carlos Martins dentro da área e chutou de primeira, sem defesa para o arqueiro francês, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar que os lusos ampliassem o marcador.

Com o brasileiro Michel Bastos atuando como ponta direita, Reveillere como lateral e Cris no miolo de zaga destro, o Lyon sofria para segurar os avanços dos portugueses pelo lado esquerdo.

E foi assim novamente, aos 42, em nova jogada de Carlos Martins, o camisa 17 arrancou e colocou a bola na área. A defesa do Lyon ficou parada e o volante espanhol Javi García assinalou o terceiro gol da equipe anfitriã.

No segundo tempo, aos 22 minutos, Martins, pela quarta vez na partida, vez boa jogada e passou para Fábio Coentrão, da intermediária. O lateral percebeu Lloris adiantado e chutou de cobertura, de longe, fazendo um belíssimo gol.

O Lyon descontou aos 30 minutos. O volante Jean Makoun arrancou da direita e cruzou para Yoann Gourcuff marcar chutando de primeira. Na sequência, o técnico português ainda colocou os brasileiros Felipe Menezes no lugar do astro da partida, Carlos Martins, e o centroavante Weldon na vaga de Alan Kardec.

Foi então que a vitória que parecia certa ganhou contornos de duelo emocionante. Os franceses foram para cima e marcaram mais dois gols. Aos 40 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio, Gomis subiu de cabeça e tirou do goleiro espanhol Ricardo.

No primeiro minuto de acréscimo, o arqueiro do Benfica falhou na saída de bola e Lovren fez o terceiro tento. O Lyon ainda pressionou até os 49 minutos, tentando um empate histórico, mas não conseguiu anotar mais um gol.

Schalke é o vice-líder

Enquanto isto, o Schalke 04, de Neuer, Raul e Huntelaar, só empatou com o Hapoel Tel Aviv, em Israel, por 0 a 0. O time da casa contou com o zagueiro brasileiro Douglas da Silva como titular, enquanto os alemães colocaram o atacante Edu apenas no segundo tempo, na vaga de Rakitic.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG