Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benazzi reclama do ataque do Bahia, mas promete resolver problema

Mesmo com contratações badaladas para o setor, equipe sofre para encontrar rumo dos gols no Estadual

Gazeta Esportiva |

Apesar de ter feito contratações de destaque, como Souza e Robert, ex-jogadores de Corinthians e Palmeiras, o Bahia não consegue acertar seu ataque. No Campeonato Baiano, foram apenas 27 gols em 16 partidas, marca inferior à do Vitória, que fez 34. Contra o Bahia de Feira, no último final de semana, o setor ofensivo voltou a falhar, o time perdeu por 1 a 0 e o técnico Vagner Benazzi reconheceu a deficiência.

De acordo com o comandante, a lesão do atacante Jones, fora por cerca de 45 dias, prejudicou bastante. Benazzi escalou Robert e Souza como titulares, mas, assim como no empate com o Paysandu, pela Copa do Brasil, os substituiu por Zezinho e Rafael.

"Voltei com outra formação para o segundo tempo, pois era a opção que eu tinha para tentar mudar a criatividade do time, mas nenhuma das opções acabou agradando. O Jones era um jogador com maior firmeza nas construções das jogadas, mas infelizmente não vamos poder contar com ele nas próximas rodadas. Tenho um problema no setor e vou resolver isso", prometeu.

Benazzi ainda indicou que pode começar com Zezinho na quarta-feira, quando o Bahia recebe o Paysandu, no Pituaçu, pelo jogo de volta da segunda fase. A primeira partida terminou 0 a 0. "O Zezinho talvez faça bem essa jogada, pois tem bom drible, velocidade e arremate, mas também não sei se será essa opção", despistou.

Leia tudo sobre: Campeonato Baiano 2011bahia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG