Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Benazzi pede paciência à torcida

Treinador teme que a cobrança da torcida após maus resultados possa atrapalhar na sequência do Estadual

Gazeta Esportiva |

Após dois empates no Estadual, o Bahia voltou a cair em descrédito com a torcida. A equipe está empatada no segundo lugar do Grupo 03 e faz, nesta quinta-feira, o duelo com o líder Atlético de Alagoinhas, no Pituaçu - palco ainda da partida com o Bahia de Feira. Com os próximos dois jogos em casa, o treinador Vagner Benazzi teme que a cobrança dos torcedores atrapalhe a equipe e, consequentemente, ajude o adversário.

"Os times não estão nos respeitando. Temos de nos impor e a torcida é fundamental para isso. Se o torcedor não nos ajudar nesse aspecto, vai apenas ajudar a confiança do adversário", declarou o treinador ao Bahia Notícias.

Apesar de pedir paciência à torcida, Benazzi aceita as críticas em relação ao futebol que a equipe tem apresentado, mas descarta grandes mudanças. "Alguns jogadores ainda necessitam de um tempinho para recuperar seu melhor futebol. Não adianta ficar mudando a equipe e perder entrosamento e jogadores que precisam de ritmo".

Para a partida contra o Atlético, a única mudança no time deve ocorrer na lateral direita, já que Marcos está suspenso. O atacante Gabriel é o provável substituto. Além disso, a lista de relacionado contou com duas novidades: o meia Zezinho e o atacante Maranhão. Ambos, porém, devem ficar no banco de reservas.

Leia tudo sobre: campeonato baiano 2011bahia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG