Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Bayern encara Olympique para manter vivo sonho de final em casa

Motivado pela chance de disputar o título no seu estádio, time alemão inicia confronto de quartas de final na França nesta quarta

iG São Paulo* |

AP
Schweinsteiger é dúvida no Bayern

Faltam quatro jogos para o Bayern de Munique conquistar o direito de decidir a Liga dos Campeões dentro de casa. Motivado pelo sonho de disputar o título no Allianz Arena, o time alemão visita o Olympique de Marselha nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), no jogo de ida das quartas de final da competição.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Jogar a decisão em casa é algo raro na história da competição. A última vez que isso aconteceu foi em 1984, quando a Roma perdeu para o Liverpool nos pênaltis por 4 a 2, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar.

Leia mais sobre a Bundesliga no Blog do Alemão

As duas equipes chegam para o confronto em momentos bem diferentes. Apesar de estar a cinco pontos do líder Borussia Dortmund no Campeonato Alemão, o Bayern vem de quatro vitórias consecutivas. Neste período, foram 22 gols marcados e somente dois sofridos. Já o Olympique não sabe o que é vencer há oito jogos e ocupa apenas o nono lugar no Campeonato Francês, longe da luta pelo título ou mesmo pelas vagas nas competições europeias.

Leia mais sobre futebol francês no Le Blod Du Foot

Apesar do contraste entre os momentos dos dois times, o discurso no Bayern prega respeito ao oponente. “O Olympique é um ótimo time e conta com um ótimo técnico, que eu conheço muito bem", disse Jupp Heynckes, treinador do clube alemão. "Eles me causaram uma boa impressão, jogam futebol com emoção e estarão 100% motivados. Vamos tentar não cair na armadilha deles. O Olympique é um time bem complicado e bastante físico”, concluiu.

Veja também: Diretor do Bayern, Rummenigge fica satisfeito em pegar Olympique

A chave para a atual boa fase do Bayern é a constante troca de posições entre os três homens que aparecem imediatamente atrás do centroavante Mario Gómez, que se encontrou com as redes após um período ruim no começo de 2012. O francês Franck Ribéry, o alemão Thomas Müller e o holandês Arjen Robben costumam se movimentar bastante, dificultando a vida dos marcadores.

Confira ainda: Real Madrid bate APOEL e deixa vaga para a semifinal encaminhada

A única dúvida de Heynckes é se poderá contar ou não com Bastian Schweinsteiger, que vem se recuperando de um problema no tornozelo. O mais provável é que o volante fique no banco de reservas e Kross seja o titular.

E mais: Fora de casa, Chelsea vence o Benfica e encaminha classificação

Didier Deschamps, técnico do Olympique, reconhece a força do oponente, mas demonstra confiança na classificação para a semifinal. “Ganhar do Bayern não seria um milagre, mas eles estão dispostos a jogar a final em casa e atravessam uma fase muito boa. Nós precisamos encaixar duas ótimas atuações contra eles”, afirmou o comandante.

Confira também: Platini triunfa em reestruturação na Liga dos Campeões

O treinador francês não poderá contar com o goleiro Mandanda, que terá de cumprir suspensão após ter sido expulso no jogo das oitavas de final contra a Inter de Milão. O desfalque abre espaço para o brasileiro Elinton, que ficou marcado por ter sofrido sete gols na derrota por 7 a 2 do Vasco para o Atlético-PR em 2005. No ataque, o mais provável é que Rémy seja mantido como titular, mas, depois de ter feito o gol da classificação na derrota por 2 a 1 para a Inter no San Siro, Brandão pode aparecer como surpresa.

Getty Images
Ribéry vai reencontrar equipe que defendeu por três temporadas antes de chegar ao Bayern

O reencontro de Ribery com o ex-clube

Antes de se juntar ao Bayern de Munique, em 2007, o meia francês Franck Ribery defendeu o Olympique de Marselha por três temporadas. Neste reencontro com o ex-clube, a expectativa do próprio jogador é de receber algumas vaias por parte dos torcedores da casa.

“Ribery queria enfrentar o Olympique. Nós entendemos o que ele está sentindo, mas ele está tendo uma temporada sensacional e seria ótimo se terminasse com a conquista do título europeu”, disse Heynckes.

*Com EFE

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG