Técnico da Argentina não irá convocar atacante para amistoso na segunda-feira conta a Albânia em Buenos Aires

Festa para Palermo em sua despedida da Bombonera
AFP
Festa para Palermo em sua despedida da Bombonera
O técnico da seleção argentina, Sergio Batista, divulgou nesta quarta-feira que não irá convocar Martín Palermo para o amistoso da próxima segunda-feira contra a Albânia. A possibilidade do atacante participar do jogo como homenagem a sua despedida do futebol foi especulada pela imprensa argentina. O próprio treinador havia comentado que isso poderia ser feito.

Porém, nesta quarta-feira, em um comunicado na sua página no Facebook, Sérgio Batista disse que o último amistoso antes da Copa América não é o melhor momento para a homenagem. “Acredito que Palermo, como grande figura do nosso futebol pode ter um reconhecimento, mas deve ser programado e no momento oportuno”, afirmou o técnico.

Palermo se despediu dos gramados no último final de semana, em um amistoso com a camisa do Boca Juniors, no estádio da Bombonera.

Após o jogo da próxima segunda, Sergio Batista divulgará a lista dos 23 convocados para disputar a Copa América. Assim como Mano Menezes, o argentino chamou um número excedente de atletas para os testes antes da competição.

O último amistoso da seleção brasileira antes do torneio continental, a partida contra a Romênia, no Pacaembu, teve caráter festivo, com uma homenagem a Ronaldo. Após o jogo, Mano Menezes divulgou a lista dos jogadores que irão à Argentina.

Sem ganhar um título com a seleção principal desde 1993, quando venceu o torneio continental, a Argentina tenta este ano voltar a levantar uma taça. A Copa América deste ano começa no dia 1 de julho, com o jogo de abertura entre Argentina e Bolívia, em La Plata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.