Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Batista diz que Argentina pode enfrentar qualquer um

Após evitar vexame, técnico elogia jogadores "de classe" e diz que Messi desequilibrou contra a Costa Rica

Gazeta |

A Argentina sofreu durante a primeira fase, mas deixou boa impressão na última partida do grupo A. Nesta segunda-feira, liderados por Lionel Messi , os hermanos bateram a Costa Rica por 3 a 0 e se classificaram em segundo lugar da chave, atrás da Colômbia. Após a partida, o contestado técnico Sergio Batista disse que o rival valorizou a vitória e afirmou que seu time está pronto para superar qualquer adversário.

"Temos jogadores para enfrentar qualquer seleção. Até pouco tempo a Costa Rica era bárbara porque ganhou da Bolívia e a Argentina não deixou que eles jogassem. Não devemos de nenhuma forma tirar os méritos do rival, e sim dar mérito ao que fizemos. Fomos bem", discursou o comandante, que também falou sobre Messi, que brilhou pela primeira vez no torneio .

"Conversamos com ele, que sabe lidar com todas as situações. Messi fez um jogo tremendo, mas falamos com todos, não só com ele", acrescentou Batista, que não se cansava de elogiar todo o grupo. "São jogadores de muita personalidade, prontos para enfrentar qualquer adversário", repetiu. "Esses atletas têm classe para jogar na seleção argentina".

O adversário dos anfitriões nas quartas de final será o segundo colocado do grupo C. O Uruguai, que também entrou na competição como favorito e não rendeu o esperado nos dois primeiros jogos (dois empates), pode estar pelo caminho.

Leia tudo sobre: Futebol MundialArgentinaCopa América 2011Messi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG