Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Basile desmente Maradona e consumo de "café turbinado" em 1993

"Sem chance. O que (Maradona) disse foi uma idiotice", declarou técnico, que dirigia a seleção na época

EFE |

Técnico da seleção da Argentina no começo da década de 90, Alfio Basile desmentiu nesta quarta-feira a possibilidade de os jogadores comandados por ele na repescagem das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994, contra a Austrália, conforme havia sido dito por Diego Maradona na última segunda-feira.

"Sem chance. O que (Maradona) disse foi uma idiotice", declarou Basile, que dirigia a seleção na época, à imprensa local. Na última segunda-feira, Maradona afirmou que a Argentina eliminou a Austrália com a ajuda de um "café turbinado" consumido por ele e seus companheiros da seleção, e pela falta de exame antidoping.

"Por que não houve antidoping na partida contra a Austrália se havia tido em todas as partidas anteriores? O que acontece é que para jogar contra a Austrália nos deram um café veloz. Colocaram algo no café e aí corremos mais", declarou o ex-jogador durante o programa "El Show del Fútbol", da emissora local "América TV".

Antes amigo de Maradona, o técnico se afastou do astro depois de ter sido sucedido por ele como treinador da seleção argentina, em 2008. No entanto, os dois deverão se encontrar em gramados dos Emirados Árabes nos próximos meses, já que 'El Pibe' assumiu o comando do Al Wasl, enquanto Basile recebeu nos últimos dias uma oferta de um clube de Dubai, conforme publicou nesta quarta-feira o jornal "Olé" em seu site. 

Leia tudo sobre: FUTEBOL mundialMARADONAargentinabasiledopingtécnico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG