Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Base campeã do Flamengo está perto de ser desfeita

Leonardo Moura e Ronaldo Angelim são os remanescentes do grupo, mas ainda podem deixar o clube antes do início de 2011

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882358044&_c_=MiGComponente_C

No meio de 2005, o lateral-direito Leonardo Moura chegou ao Flamengo. No ano seguinte, chegaram no começo da temporada o lateral-esquerdo Juan, o meia Toró e o zagueiro Ronaldo Angelim e logo depois da conquista da Copa do Brasil, Bruno assumiu a posição de goleiro titular do Flamengo vindo do Corinthians. Essa base, que resistiu a chuvas e trovoadas, coroada com títulos está perto do fim.

Com as saídas confirmadas de Toró e Juan e a trágica prisão de Bruno, condenado pelo sequestro de Eliza Samudio, restam no atual grupo para 2011 apenas Leonardo Moura e Angelim. Ambos podem também deixar o clube, dependendo da avaliação da comissão técnica e das propostas que surgirem.

AE
Remanescente de 2009, Leo Moura é assediado por Santos e Internacional

Leonardo Moura é assediado por Santos e Internacional com ótimas propostas salariais. Para sair, precisa negociar com o Flamengo, pois seu vínculo vai até dezembro de 2011. Angelim já cogitou encerrar a carreira em 2011, mas ele pretende parar de jogar vestindo a camisa do Fortaleza. Se a comissão técnica não estiver disposta a aproveitá-lo, o destino do zagueiro pode ser o clube cearense.

"É uma pena que este ciclo tenha chegado ao fim. Formávamos um grupo muito unido que ajudou o Flamengo a voltar a figurar entre os principais clubes do país, com conquistas importantes. Certamente, deixamos uma marca", afirmou Toró, que teve seu contrato encerrado em outubro e já acertou sua ida para o Atlético-MG.

Léo, Angelim, Toró e Juan participaram das conquistas da Copa do Brasil de 2006, do tri carioca de 2007/2009 e do Campeonato Brasileiro do ano passado. Bruno só não esteve na Copa do Brasil. Com o fim da base, o Flamengo vai iniciar um novo ciclo sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, que tenta repetir o feito com jogadores das categorias de base.

Em 2011, o Flamengo vai disputar quatro competições: o Carioca e a Copa do Brasil no primeiro semestre e o Brasileiro e a Copa Sul-Americana no segundo. O grupo se reapresenta no dia 3 de janeiro e viaja para Londrina, onde vai realizar a pré-temporada até o dia 17. A estreia no Carioca é dia 19, contra o Volta Redonda, no Engenhão.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroflamengofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG