Atacante do Paraguai vai enfrentar a Venezuela e elogiou o adversário, que é a grande surpresa da Copa América até agora

Uma das principais esperanças de gol do Paraguai para uma das semifinais da Copa América , diante da Venezuela, nesta quarta-feira, o atacante Lucas Barrios elogiou o adversário, a grande surpresa do torneio, mas disse que a vitória nos pênaltis sobre a seleção brasileira fortaleceu sua equipe.

"Sabemos que a Venezuela vem jogando bem, que ganhou várias partidas e que, sem dúvida, teremos um adversário forte e que vai querer nos vencer, mas a nossa motivação é muito grande depois de termos eliminado o Brasil, que nos atacou muito e nos deu muito trabalho", declarou Barrios, após o treino realizado nesta terça a portas fechadas nas instalações do San Lorenzo, em Buenos Aires.

O jogador do Borussia Dortmund, que nasceu na Argentina e se naturalizou para disputar a Copa do Mundo de 2010, exaltou a garra apresentada pela equipe do técnico Gerardo Martino para eliminar a seleção brasileira.

"Tínhamos consciência de que, para derrotar um adversário como o Brasil, precisávamos dar tudo dentro de campo e correr o que corremos. Foi um jogo de muita luta, que nos desgastou muito", afirmou o atacante, que reconheceu que seria difícil derrotar a seleção ainda no tempo normal ou na prorrogação.

"Sei que não tivemos a chances de estar perto do gol, porque não criamos e obviamente nos dedicamos a outra coisa, ao que foi pedido pelo treinador e a tentar ajudar a recuperar a bola", comentou Barrios, que marcou apenas um gol nesta Copa América, situação que garantiu não incomodá-lo. "É muito difícil para mim, mas eu estou muito contente de ter conseguido a classificação para a semifinal contra um adversário tão grande", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.