Tamanho do texto

Campo da sede do Corinthians receberá evento com 16 pilotos em dezembro

Desenho da pista que será construída na sede do Corinthians no Parque São Jorge
Bruno Winckler
Desenho da pista que será construída na sede do Corinthians no Parque São Jorge
O piloto Rubens Barrichello lançou nesta segunda-feira no CT do Corinthians , o “Rally de São Paulo”, uma corrida que será disputada por 16 pilotos entre 17 e 18 de dezembro dentro do gramado do Parque São Jorge, sede do seu clube de coração. Em entrevista divulgada nesta terça-feira pelo Grupo Estado, o presidente Andrés Sanchez disse que a ideia do clube é acabar com campo da “Fazendinha” e transformá-la numa arena para shows. “Quem for contra isso não tem visão para o futuro”, disse.

Leia também: Barrichello pede apenas um carro competitivo para 2012

Já estão confirmados sete pilotos que participarão do rali: Tony Kanaan, Helio Castroneves, Nelsinho Piquet, Felipe Giaffone, Max Wilson, Thiago Camilo e Lucas di Grassi. Felipe Massa, que tem compromisso com a Ferrari nas datas do evento, não poderá participar. Barrichello disse que também aguarda pela resposta de Bruno Senna. Cacá Bueno, da Stock Car, se casa um dia antes da prova. "Ele até queria correr, mas disse que não sabe se acorda a tempo", brincou Barrichello.

A pista terá 950 metros e será construída em terra batida. Todos os carros são iguais: um Mini Cooper. A prova será dividida em quatro baterias com quatro carros cada. O vencedor de cada bateria vai para a final.

E ainda: Corinthians lança kit com "terra sagrada" do estádio de Itaquera

O vencedor do desafio receberá um prêmio de R$ 300 mil e os ingressos começam a ser vendidos nessa semana. Serão 13 mil entradas que custarão de R$ 80 a R$ 450. “É uma corrida pequena para a participação do público, que vai ficar muito próximo da pista. Pelo tamanho da pista, as corridas são muito disputadas”, disse Barrichello, que ainda aguarda uma definição sobre seu futuro na Fórmula 1. "Se vou correr de kart, ando com os dois celulares no bolso para o caso de receber uma ligação de fora. O automobilismo é a minha vida e estou esperando", disse Barrichello.

Rubens Barrichello e o carro que será usado no rali
AE
Rubens Barrichello e o carro que será usado no rali