Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barrado por Cuca, Fillipe Soutto não questiona decisão do técnico

Volante do Atlético-MG ficou na reserva nesta quinta e diz que vai tentar voltar ao time com os treinos

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Fillpe Soutto terminou o ano como titular, mas perdeu a posição no primeiro treino do ano
Destaque do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante Fillipe Soutto foi surpreendido pela decisão de Cuca ao escalar Leandro Donizete em seu lugar no primeiro treino coletivo de 2012 . Apesar de treinar entre os reservas, o jovem jogador atleticano não reclamou e muito menos questionou a decisão do treinador.

Veja também: Cuca escala todos os reforços no primeiro coletivo do Atlético-MG

“Pode ser teste do Cuca ou ser mesmo a filosofia que ele quer implantar em 2012, com dois volantes de mais pegada para liberar os alas, meias e atacantes. Acredito que tenho condições também de marcar. Estou aqui para melhorar a cada dia e ajudar o Atlético, ajudando a mim mesmo a me tornar um jogador mais completo”, disse Fillipe Soutto, que comentou como foi a conversa de Cuca com todos os jogadores do Atlético-MG.

Leia também: No retorno ao Atlético-MG, Danilinho diz que a pontaria melhorou

“Ele uniu o grupo e disse que é uma fase de teste, que não tem nada definido. Temos um jogo-treino e ele vai observar a equipe, ver em prática o Atlético versão 2012. Estamos apenas na segunda semana de trabalho. Temos que pensar que o ano é longo e todos serão úteis ao Atlético”.

No entendimento de Fillipe Soutto, a escolha de Cuca por um time leve e rápido foi determinante para a sua saída. Com Escudero, Danilinho e Bernard chegando ao ataque, o time precisa de maio proteção, por isso a escolha de dois volantes com maior poder de marcação, casos de Leandro Donizete e Pierre.

“Procuro sempre ver as minhas qualidades, mas também reparar meus defeitos. Sei que, como nosso time é muito rápido e ofensivo, precisaria entrar com uma marcação maior. Tenho humildade de reconhecer isso e de que também preciso trabalhar. A forma como o Cuca me usaria nesse esquema novo, deixo para que ele resolva, porque ele sabe das minhas características”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGFillipe Soutto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG