Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barcelona vence Osasuna e mantém a ponta com novo show de Messi

Atacante argentino fez dois gols no duelo fora de casa. O espanhol Pedro anotou o primeiro tento do time catalão

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854614712&_c_=MiGComponente_C

O duelo entre Osasuna e Barcelona começou com 50 minutos de atraso, já que uma greve de controladores de voo da Espanha obrigou as equipes a irem de ônibus ao local da partida. Mas valeu esperar: quando a bola rolou, o argentino Lionel Messi deu mais um show, com dois gols e uma assistência na vitória do Barça, por 3 a 0.

Com o resultado, o Barcelona chega aos 37 pontos e mantém a primeira colocação do Campeonato Espanhol, independente dos outros resultados da rodada. Um dos principais trunfos nessa campanha é a ótima fase de Messi, que chegou aos 15 gols na competição com os dois anotados neste sábado. O Osasuna tem 15 pontos e está em 12º lugar.

O jogo
O Osasuna começou tentando partir para cima do Barcelona, mas pouco conseguiu se aproximar da meta defendida pelo goleiro Valdés. Aos poucos, os visitantes foram trocando passes e envolvendo o adversário em busca do primeiro gol, que viria graças à genialidade do argentino que veste a camisa 10.

Aos 26 minutos de bola rolando, Messi conduziu a bola pela meia direita e deu um passe surpreendente e preciso para Pedro chegar batendo na saída de Ricardo López e abrir o placar para o Barça.

Com a vantagem, o Barcelona voltou para o segundo tempo com mais tranquilidade para dominar a posse de bola em seu campo de ataque e diminuir o ritmo do adversário. Como de costume, o time conseguiu achar os espaços na base da movimentação e, aos 19 minutos, Messi ficou sozinho para invadir a área pela esquerda, olhar para o goleiro e bater rasteiro para ampliar.

O show não parou por aí. Aos 37 minutos, quando a vitória já estava assegurada, Messi invadiu a área e foi parado com falta por Sergio. Pênalti que ele mesmo converteu, no canto esquerdo do goleiro, que caiu para a direita.

Leia tudo sobre: espanhaespanhol 2010futebol internacionalmessi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG