Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barcelona vence e abre boa vantagem nas oitavas da Liga

Messi e companhia venceram o Bayer Leverkusen, na Alemanha, e podem até perder no jogo da volta, em casa

iG São Paulo |

Após atravessar um mau momento no Campeonato Espanhol, o Barcelona reencontrou o bom futebol pela competição mais importante da temporada, a Liga dos Campeões 2012. Com dois gols do atacante chileno Alexis Sánchez e um do craque Lionel Messi, o time espanhol venceu o Bayer Leverkusen por 3 a 1, nesta terça-feira, na Alemanha, na abertura das oitavas de final da competição. Kadlec fez o único gol dos anfitriões.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o resultado, o Barça pode até perder por 2 a 0 no jogo da volta, marcado para o dia 7 de março, no Camp Nou, que ainda assim se classifica. Para dar o troco e tentar garantir vaga nas quartas, o Bayer Leverkusen, do brasileiro Renato Augusto, precisa ao menos repetir o placar de 3 a 1, a fim de levar o jogo para a prorrogação, ou vencer por três gols de diferença.

Leia ainda: Real e Barcelona lideram lista dos clubes que mais geram receitas

O técnico Pep Guardiola não contou com o meia Xavi e o zagueiro Piqué no jogo desta terça. Com problemas físicos, os dois foram poupados e não ficaram sequer no banco de reservas. Mesmo sem a companhia de Xavi, Messi foi o grande maestro do jogo - para variar - e comandou o triunfo.

O primeiro tempo, com o time visitante dando as cartas, foi morno. Afinal, o Leverkusen se mostrava bem armado e com coragem suficiente para medir força com os atuais campeões europeus.

Gol mesmo, porém, só aos 41 minutos. Messi fez um lançamento de craque (com o perdão da redundância), pegou o Leverkusen saindo da defesa e achou Sánchez livre para tocar na saída do goleiro e fazer o primeiro gol.

Com a vantagem nos minutos derradeiros da primeira etapa, imaginava-se que o Barcelona iria deslanchar de vez após o intervalo. Não foi bem o que se viu.

Logo aos 7 minutos, Kadlec empatou, aproveitando confusão na saída do Barça e cruzamento da direita. A resposta do Barcelona veio logo depois. Aos 10 minutos, Sánchez voltou a brilhar. Ele recebeu de Fábregas na área, ganhou na habilidade da marcação, driblou o goleiro Leno e tocou para o gol vazio.

Dando a dica de que o segundo tempo seria mesmo bem melhor, o brasileiro Renato Augusto, ex-Flamengo, quase empatou em seguida ao fazer bela jogada e chutar firme, para boa defesa de Valdés. A jogada foi a dica do que viria a seguir. Um Bayer corajoso, decidido a buscar o gol, contra um Barcelona que resolveu aguardar a chance de um contra-ataque que definiria a partida.

Veja mais: Lyon faz dever de casa e vence Apoel pela Liga dos Campeões

Aos 19 minutos, os donos da casa quase empataram quando Castro chutou rasteiro, colocado, e viu a bola beliscar a trave direita de Valdés. A resposta do Barcelona viria com Messi, aos 27, que tirou todo mundo para dançar na área e também carimbou a trave. 

O Barça acabou conseguindo cozinhar o resultado e, aos 43, ainda conseguiu ampliar com Messi.

FICHA TÉCNICA
BAYER LEVERKUSEN 1 X 3 BARCELONA

Local: Estádio Bay Arena, em Leverkusen (Alemanha)
Data: 14 de fevereiro de 2012, terça-feira
Horário: 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Craig Thonsom (Escócia)
Assistentes: Alasdair Ross e Derek Rose (Escócia)

Cartões amarelos: Scwaab, Corluka e Castro (Leverkusen); Thiago Alcântara (Barcelona)

GOLS:
Barcelona - Sánchez, aos 41 do 1º tempo e aos 10 do 2º; Messi aos 43 do segundo tempo
Leverkusen - Kadlec, aos 7 do 2º tempo

BAYER LEVERKUSEN: Leno; Schwaab, Reinartz, M. Friedrich e Corluka (Da Costa); M. Kadlek, Castro, Rolfes (Bellarabi(, Bender e Renato Augusto; Schürrle (Kiessling).
Técnico: Robin Dutt

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves, Puyol, Mascherano e Abidal; Busquets, Iniesta (Thiago Alcântara), e Fábregas; Messi, Adriano (Pedro) e Alexis Sánchez (Cuenca)
Técnico: Josep Guardiola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG