Clubes já acertaram detalhes da operação, avaliada em 27 milhões de euros em dinheiro e uma quantia em cláusulas de bônus

Representantes do Barcelona e o procurador do chileno Alexis Sánchez, Fernando Felicevich, manterão nesta quinta-feira uma reunião com a intenção de fechar negócio para que o atacante da Udinese, a Itália, jogue no atual campeão europeu.

Os dois clubes já acertaram todos os detalhes da operação, avaliada em 27 milhões de euros em dinheiro e uma quantia em cláusulas de bônus (entre 10 e 12 milhões). O que falta agora é o acordo entre o jogador e o Barcelona. Por esse motivo, Felicevich viajou até Barcelona.

Tudo indica que o 'Niño Maravilha', como o jogador de 22 anos é chamado, assinará um contrato para as próximas cinco temporadas.

Se Barcelona e Felicevich chegarem a um acordo, Sánchez viajaria para a cidade espanhola já no fim de semana para ser apresentado na próxima segunda-feira.

Enquanto o jogador chileno chega, Bojan Krkic está de malas prontas para a Roma. O Barcelona só anunciará o negócio oficialmente após a certeza da chegada de Sanchéz, mas Bojan está com praticamente os dois pés no clube italiano, em negócio avaliado entre 10 e 12 milhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.