Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barcelona acerta com ONG do Catar e passa a ter o maior patrocínio do mundo

Clube vai receber R$ 340 milhões para estampar marca na camisa. Será a primeira vez que o time vai ceder espaço a patrocinador em sua história. Você concorda?

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882459810&_c_=MiGComponente_C

O Barcelona anunciou nesta sexta-feira que chegou a um acordo de patrocínio com a empresa Qatar Foundation (ONG estabelecida no Catar), que estampará sua logomarca na camisa do clube por cinco anos, pela quantia de 150 milhões de euros (cerca de R$ 340 milhões). É o maior contrato do gênero no futebol mundial.

Será a primeira vez, em 111 anos de história, que o Barcelona quebrará sua tradição e receberá verba para estampar a marca de uma empresa em sua camisa, já que o acordo atual com a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) prevê o pagamento de 2 milhões de euros (cerca de R$ 4,4 milhões) por parte do próprio clube, uma forma de gesto beneficente do clube.

Assim, a equipe espanhola receberá 30 milhões de euros (cerca de R$ 68 milhões) por temporada, a partir da de 2011/12, da empresa sem fins lucrativos, localizada no Catar. E passará a ter o maior patrocínio de um clube de futebol no mundo, superando Manchester United e Real Madrid, que recebem 23 milhões de euros cada (cerca de R$ 51 milhões).

Getty Images
Acerto com a ONG deve fazer o logo da Unicef ser deslocado para a manga

"Com este acordo, o Barcelona se situa como marca líder indiscutível do mundo do futebol, muito na frente de todos os competidores internacionais", disse o vice-presidente econômico do clube espanhol, Javier Faus, ao comemorar o acordo anunciado nesta sexta-feira.

Os dirigentes do Barcelona, inclusive, declararam que estão planejando uma forma de combinar a logomarca do novo patrocinador com a da Unicef, que já estampa a camisa do clube desde 2006, mas afirmaram que a antiga parceira terá maior destaque.

O contrato com a Qatar Foundation  também contempla um jogo amistoso por ano, que o Barcelona poderá fazê-lo ou no Catar ou em qualquer cidade europeia. A ONG foi fundada pelo xeque Hamad Bin Khalifa Al Thani, emir do Catar, uma das autoridades que teve papel importante na conquista do direito do país a sediar a Copa do Mundo de 2022.

Você aprova a decisão do Barcelona
em acertar com um patrocinador?

Sim. O clube tem que pensar nas receitas e nos salários dos atletas

Não. O clube deveria ter mantido sua tradição centenária



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica
*Com agências

Leia tudo sobre: barcelonaespanhafutebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG