Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barça fica atrás duas vezes, mas busca empate contra o Valencia

Em um raro jogo equilibrado no Campeonato Espanhol, time catalão interrompeu campanha 100% do adversário

Gazeta |

Valencia e Barcelona fizeram, nesta quarta-feira, no Estádio Mestalla, um jogo raro, digno de equipes que brigam pelas primeiras posições do Campeonato Espanhol. Após uma metade de primeiro tempo empolgante, com três gols marcados, os times diminuíram o ritmo, mas seguiram realizando um bom espetáculo. No fim, os catalães conseguiram buscar um empate por 2 a 2 que interrompeu a campanha 100% do adversário. Os gols dos mandantes foram marcados por Abidal (contra) e Pablo Hernández, enquanto Pedro e Fábregas fizeram para o Barça, ambos após passes de Messi.

O resultado manteve o Valencia na liderança do Campeonato Espanhol, agora com 10 pontos. Entretanto, a equipe corre risco de ser ultrapassada pelo Bétis, que ainda joga na rodada. Já o Barcelona atingiu os oito pontos, perdeu a chance de atingir a ponta e ficou na quarta posição.

No próximo sábado o Barcelona volta a jogar no Camp Nou e busca a reabilitação contra o Atlético de Madri, às 17 horas (de Brasília). No mesmo dia, só que às 13 horas, o Valencia busca sua quinta vitória consecutiva na competição, fora de casa, contra o Sevilla.

O jogo
A primeira metade do primeiro tempo foi muito movimentada, com três gols marcados. Aos 11 minutos o lateral esquerdo Mathieu cruzou para a área do Barcelona e viu Abidal não se entender com o goleiro Valdés, mandando a bola para o fundo de sua própria meta.

O Barcelona não se abateu com o gol contra e respondeu rapidamente, dois minutos depois, em jogada que começou com Fábregas, passou por Messi e terminou com a finalização de Pedro, sem chances para o goleiro Guaita.

AFP
Jogadores do Barcelona comemoram um dos gols marcados contra o Valencia

Após a igualdade Messi foi derrubado dentro da área do Valencia por Rami, que já tinha cartão amarelo, mas o árbitro Velasco Carballo não apitou a penalidade e mandou a jogada seguir, o que provocou protestos da equipe catalã.

Recuperado do susto, o time da casa voltou a ter a vantagem no placar aos 23 minutos, em nova jogada de Mathieu pelo lado esquerdo. Após cruzamento, a bola passou por Soldado e Abidal, mas encontrou Pablo Hernández livre para concluir para o fundo das redes na segunda trave.

O novo gol sofrido abalou o Barcelona, que recuou em campo e permitiu que o Valencia criasse chances para aumentar a vantagem. Na volta para o segundo tempo o time da casa aumentou a pressão e teve duas chances para marcar, ambas com Soldado.

Querendo melhorar o desempenho ofensivo do Barça o técnico Pep Guardiola tirou Pedro e colocou Villa, que havia sido preterido horas antes da partida. A mudança deu resultado e o time visitante aumentou a pressão ofensiva até chegar ao gol de empate com Fábregas, que aproveitou lindo passe de Lionel Messi e bateu sem chances para o goleiro Guaita, dando números finais ao placar.

Leia tudo sobre: futebol mundialbarcelonaespanhavalencia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG