Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Márcio e Ricardo ganham terceiro título em 2011 e lideram ranking

Dupla lidera o Circuito Brasileiro de vôlei de praia, que volta a ser disputado entre os dias 17 e 20 de março, em Santa Catarina

Gazeta Esportiva |

Jogando em casa, contra o 13º colocado Fulham, o Manchester City saiu na frente com gol de Mario Balotelli, mas permitiu que Damien Duff empatasse e viu o título inglês ficar mais longe. O empate por 1 a 1 no estádio da Cidade de Manchester deixou o time do artilheiro Carlos Tevez na terceira colocação com 50 pontos, a 10 do líder United que tem um jogo a menos.

O técnico Roberto Mancini surpreendeu na escalação e escalou três atacantes. Além do argentino, o bósnio Edin Dzeko e o italiano Balotelli começaram jogando. Foi a terceira partida seguida do camisa 45 como titular. Ele se lesionou no fim de dezembro, na vitória sobre o Aston Villa por 4 a 0. Na ocasião, ele marcou três vezes e não havia balançado as redes até a partida deste domingo.

O próximo adversário do City é justamente o time de Birmingham, pela Copa da Inglaterra, enquanto o Fulham mede forças com o Blackburn, pela Premier League.

O jogo - Balotelli começou a partida com tudo, criando chances aos 8 minutos e aos 21, mas foi apenas aos 26 que tabelou com Tevez para abrir o placar, com um chute de fora da área no canto direito de Mark Schwarzer. O argentino gostou do papel de garçom e serviu Kolarov, dois minutos depois, mas o chute do lateral esquerdo errou a meta adversária.

Logo no início do segundo tempo, o City vacilou e Damien Duff completou cruzamento da direita de Andrew Johnson, empatando o duelo.

Balotelli continuava procurando o gol, e quase o achou aos 6 minutos, quando cabeceou de dentro da área, após passe de Zabaleta. O Fulham era perigoso com Dembélé, que chegou perto de virar o jogo aos 11, arriscando de longe.

Aos 16 minutos, Balotelli tentou retribuir a gentileza de Tevez, e assistiu o companheiro com um passe longo, do meio de campo, mas o arremate do camisa 10 foi bem defendido pelo goleiro australiano.

A partida passou a ser travada com faltas, e o time mais perigoso era o visitante, que quase fez com Dembélé, Dempsey e Duff. Os Citizens responderam com Balotelli, a dois minutos do fim, mas o italiano errou o chute e desperdiçou a oportunidade, deixando o time de Roberto Mancini mais longe do título.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG