Tamanho do texto

Para italiano, ex-camisa 9 foi o melhor jogador do mundo e assim, sua opinião é capaz de alterar até mesmo seu estilo de vida

AFP
Balotelli recebe cartão vermelho em partida do Manchester City pela Liga Europa
Com uma fama negativa construída ao longo de sua carreira, dentro e fora de campo, o atacante Mario Balotelli , do Manchester City, revelou que só há uma maneira de alterar seu comportamento: conhecendo Ronaldo, ex-jogador do Corinthians.

Expulso após agredir um jogador na partida de volta das oitavas de final da Liga Europa, diante do Dínamo de Kiev, o italiano ainda não foi convocado pelo técnico da Itália, Cesare Prandelli, para os duelos contra a Eslovênia e Ucrânia, válidos pelas eliminatórias da Eurocopa de 2012.

"Se você me apresentar a Ronaldo, juro que vou me comportar até eu abandonar o futebol", explicou o jogador ao portal Goal . "Eu nunca o encontrei, mas quando você conhece um ídolo de uma vida inteira, tudo pode mudar. Pode mudar o seu jeito de ser", continuou.

Para Balotelli, o ex-camisa 9 foi o melhor jogador do mundo e assim, sua opinião é capaz de alterar até mesmo seu estilo de vida. "Há muitos bons jogadores, mas Ronaldo foi o melhor. Por isso, uma palavra dele vale mais do que milhares de outros", encerrou o italiano.