Tamanho do texto

Gobbi foi eleito propondo transformar a base corintiana usando o time espanhol como exemplo

Gobbi sucedeu Andrés no Corinthians depois das eleições de fevereiro
Bruno Winckler
Gobbi sucedeu Andrés no Corinthians depois das eleições de fevereiro
O atual diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez, disse ser “balela” a escola Barcelona , tão badalada depois das recentes conquistas e do estilo jogado pelos atletas em sua maioria formados no próprio clube espanhol. Mas justamente com a proposta de ter uma base que siga os moldes do Barcelona que Mário Gobbi foi eleito seu sucessor no Corinthians em fevereiro. Esta era uma de suas propostas, assim como também a de seu opositor Paulo Garcia, derrotado no pleito.

Leia também: Andrés contesta 'escola Barcelona' e diz que sucesso do clube é fase

“O Barcelona é um exemplo não só para o Corinthians, mas todos os clubes brasileiros. Ter um time de talentos formados no próprio clube é um sonho e nós podemos seguir esse exemplo”, disse Gobbi em entrevista ao iG durante sua campanha em fevereiro.

E mais: Patrocínio pedido pelo Corinthians o deixaria atrás só do Barcelona

O Corinthians investe pesado para ter um CT das categorias de base digno dos melhores clubes do mundo. Ao lado do que é hoje o centro de treinamentos da equipe profissional já está em construção um complexo gigantesco, com três campos, mini estádio e alojamentos para mais de 100 atletas de base. Há alguns anos, já na gestão de Andrés Sanchez, diretores do Barcelona estiveram no Parque São Jorge para prestar consultoria sobre o que realizam na Espanha. E o projeto dos CTs profissional e amador seguiu a linha do que Andrés chama hoje de “balela”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Ano que vem o Corinthians terá R$ 60 milhões em patrocínios. Acho que o Barcelona aprendeu com a gente, até porque tínhamos um acordo em que alguns dirigentes deles ficaram aqui por um tempo", ironizou Andrés Sanchez no final do ano, lembrando do período de cooperação entre os dois times entre 2007 e 2008, no início da sua gestão.

Gobbi não atendeu às chamadas da reportagem nesta segunda-feira para comentar a frase de Andrés Sanchez que chamou de "balela" o time que joga o melhor futebol do mundo. Em campanha, porém, ele não escondeu que apenas daria continuidade ao que seu antecessor realizou, citando mais uma vez o Barcelona como exemplo.

“O Andrés fez as principais e as grandes obras, mas muito ainda se tem para ser feito. O Barcelona não foi feito em cinco anos, dez anos. Não se faz nada do dia para noite e muito menos em três anos”, disse Gobbi pouco antes de ser eleito.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e o ajude a se manter no topo do ranking