Donos da casa alcançam G4. Time paulista jogou boa parte da partida com um a menos e está matematicamente rebaixado

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860305587&_c_=MiGComponente_C

Com muito sofrimento, como se tornou de praxe, o Atlético Paranaense voltou ao G4 do Campeonato Brasileiro, jogando na Arena da Baixada, ao bater o lanterna Grêmio Prudente, que jogou boa parte dos 90 minutos com um a menos, por 2 a 1. Com o resultado, o time paranaense fica com a quarta colocação, com 56 pontos, mais próximo da Libertadores. Os paulistas estão matematicamente rebaixados.

Depois de um início de jogo marcado pela forte marcação, o Atlético conseguiu abrir o placar em cobrança de pênalti de Paulo Baier, aos 21 minutos do primeiro tempo. O time visitante soube aproveitar vacilo da zaga para empatar aos 31 minutos, com William. Quando a igualdade parecia definida, o maestro rubro-negro, aos 47 minutos, desviou de cabeça para definir o resultado.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense vai a Porto Alegre, onde no sábado encara o Grêmio, em um confronto direto no Estádio Olímpico. Já o Grêmio Prudente, para cumprir tabela, encara o Ceará, no mesmo dia, no Estádio Eduardo José Farah, no interior paulista.

Assista aos gols do jogo na Arena da Baixada:

O jogo
Com muita correia, os dois times mostravam muita disposição e vontade de abrir o placar rapidamente. Aos dois minutos, depois de boa triangulação, Márcio Azevedo não entendeu a jogada e desperdiçou o ataque. Mais Atlético no ataque e Paulo Baier, de falta, levantou na área para a defesa tirar. O ritmo inicial caiu, com as ações concentradas no meio campo.

Aos 13 minutos, Bruno Mineiro disparou em velocidade para pegar lançamento de Baier e parou na forte marcação paulista. Na resposta, contra-ataque rápido, aos 15 minutos, com Roberto arrematando para boa defesa de João Carlos, com os pés. O panorama começou a mudar aos 19 minutos, com João Vitor derrubando Branquinho dentro da área. O árbitro marcou pênalti, que Paulo Baier converteu para abrir o placar.

A situação do Prudente que já era mais do complicada, piorou aos 25 minutos, quando Wesley chutou Manoel em jogada perdida e foi expulso de campo. O que o torcedor não esperava era um efeito colateral. Aos 31 minutos, ataque veloz dos visitantes, William deixou a defesa para trás e tocou na saída do goleiro para empatar. Aos 33 minutos, a partida foi paralisada por uma lesão no ombro do árbitro Renato Cardoso da Conceição. Dez minutos depois, bola rolando. Aos 52 minutos, João Vítor cobrou falta nas mãos do goleiro. Aos 56 minutos, Baier cruzou e acertou o travessão.

Na segunda etapa, o Grêmio Prudente voltou com Rainer, apostando em sangue novo para ir à busca do resultado. O Atlético já não tinha a mesma superioridade da primeira etapa, mesmo com um jogador a mais em campo. Aos sete minutos, Paulo Baier cobrou falta fechada na área e a defesa tirou o perigo. Em mais uma chance de bola parada, aos 11 minutos, o maestro rubro-negro carimbou a barreira.

Depois de um momento de sonolência, o Atlético-PR voltou a pressionar. Aos 14 minutos o equatoriano Guerrón partiu para a jogada individual e a defesa do Prudente afastou na hora certa. Na resposta, William apareceu com liberdade para disparar na trave atleticana. Aos 21 minutos foi a fez de Ivan Gonzalez tentar resolver sozinho e arrematar para defesa de Sidney. O Atlético até balançou as redes aos 26 minutos, com Guerrón, mas o impedimento foi marcado.

O resultado era péssimo para os dois times, aumentado o nervosismo nos minutos finais. Aos 31 minutos, Branquinho recebeu, chutou prensado e obrigou Sidney a fazer boa defesa. Aos 36 minutos, novamente Branquinho, agora na rede pelo lado de fora. Os ataques do Grêmio Prudente eram perigosos, como aos 37 minutos, com um arremate de Roberto na trave. O Atlético teve grande chance aos 44 minutos, com levantamento de Branquinho na lateral da área e ninguém aproveitou. Quando o resultado parecia definido, Paulo Baier, aos 47 minutos, de cabeça, decretou a vitória.


FICHA TÉCNICA -

ATLÉTICO - PR 2 x 1 GRÊMIO PRUDENTE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 14 de novembro de 2010, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro : Renato Cardoso da Conceição (MG)
Assistentes: Jair Albano Felix e Flamarion Socrates da Silva (ambos de MG)
Cartões amarelos: Bruno Mineiro, Guerrón (Atlético-PR); Leonardo, Bruno Ribeiro ( Grêmio Prudente)
Cartão vermelho: Wesley (Grêmio Prudente)

GOLS :
ATLÉTICO-PR: Paulo Baier, aos 21 minutos do primeiro tempo e aos 47 minutos do segundo tempo
GRÊMIO PRUDENTE: William, aos 31 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Márcio Azevedo (Héracles); Deivid (Ivan Gonzalez), Chico, Paulo Baier e Branquinho; Guerrón e Bruno Mineiro (Marcelo)
Técnico: Sérgio Soares

GRÊMIO PRUDENTE: Sidney; Bruno Ribeiro, Leonardo, Anderson Luis e Diego Giareta; Anderson Pedra, João Vitor (Rafael Martins), Roberto e Renan (Rainer); Wesley e Willian José (Juan)
Técnico: Fábio Giuntini

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.