Após euforia em 2010, time está em má fase e fez contratações modestas para ficar na primeira divisão

AE
A recuperação de Jobson é uma das esperanças do Bahia para o Brasileirão 2011
Em dezembro de 2010, a torcida do Bahia era uma das mais empolgadas do Brasil. Afinal, além de ver o time de volta à primeira divisão nacional, o rival Vitória também foi rebaixado para a Série B. Porém, cinco meses depois, prestes a começar sua campanha na Série A do Campeonato Brasileiro de 2011, o Bahia tem mais motivos para se preocupar. Caso consiga apenas evitar o rebaixamento na competição, o time já terá um conseguido um bom resultado.

O desempenho nas competições do primeiro semestre explicam esse pessimismo no Bahia. Com quatro técnicos diferentes (Rogério Lourenço, Chiquinho de Assis, Vágner Benazzi e René Simões), o time foi eliminado da Copa do Brasil pelo Atlético-PR e do Campeonato Baiano pelo Vitória, sem nunca apresentar um bom futebol.

As contratações feitas pelo time desde o começo do ano justificam parte desse fracasso, já que chegaram praticamente apenas jogadores que eram reservas em seus clubes, como Souza, Titi e Robert. E agora, na nova reformulação pela qual o elenco está passando, acontece o mesmo: Fahel, Marcelo Lomba e Jóbson, contratados para o Brasileirão, praticamente não jogavam em seus antigos clubes, mas chegam com grandes chances de serem titulares no Bahia .

Outra aposta do Bahia é em destaques do Campeonato Baiano. Chegaram três jogadores que foram campeões pelo surpreendente Bahia de Feira : Jair, Diones e João Neto terão a chance de provar que podem mostrar as mesmas qualidades em um time maior.

Fahel estava esquecido no Botafogo, mas foi resgatado pelo Bahia e deve ser titular
Divulgação
Fahel estava esquecido no Botafogo, mas foi resgatado pelo Bahia e deve ser titular

Com tantas contratações e várias outras saídas de jogadores, o time do Bahia para o Brasileirão ainda deve demorar para se ajustar. Em um jogo treino, chegou a perder por 4 a 2 para o Bragantino . Ainda não se sabe, por exemplo, quem será o goleiro titular. O jovem Omar jogou a maioria das partidas até agora, mas agora tem as concorrências de Jair e Marcelo Lomba.

O meio-campo é outra incógnita. Morais, do Corinthians, é o principal alvo para o setor de criação , já que ele se destacou pelo time na Série B de 2010. Além disso, a diretoria deve buscar outros reforços para melhorar o time ofensivamente. Por enquanto, um provável time base do Bahia para o Brasileirão seria: Marcelo Lomba; Marcos, Titi, Danny Morais e Ávine; Fahel, Marcone, Camacho e Lulinha; Jóbson e Souza.

Nome oficial: Esporte Clube Bahia
Fundação: 1 de janeiro de 1931
Localização: Salvador-BA, Brasil
Estádio: Metropolitano Roberto Santos (Pituaçu)
Capacidade: 25.000
Presidente: Marcelo Guimarães Filho
Treinador: René Simões
Principais títulos conquistados: 2 Campeonatos Brasileiros (1959 e 1988), 2 Copas do Nordeste (2001 e 2002) e 43 Campeonatos Baianos (1931, 1933, 1934, 1936, 1938, 1940, 1944, 1945, 1947, 1948, 1949, 1950, 1952, 1954, 1956, 1958, 1959, 1960, 1961, 1962, 1967, 1970, 1971, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1981, 1982, 1983, 1984, 1986, 1987, 1988, 1991, 1993, 1994, 1998, 1999 e 2001)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.