Vitória conquistada em casa colocou a equipe baiana na zona de classificação para a Copa Sul-americana

null

Não foi fácil, mas o Bahia conseguiu passar pelo Atlético-GO neste domingo, no estádio Pituaçu. A equipe de Salvador venceu por 2 a 1 e conquistou sua segunda vitória dentro de casa no Campeonato Brasileiro. Jóbson e Fahel marcaram para os anfitriões, enquanto Juninho fez para o time goiano.

Com o resultado, o Bahia chegou a 18 pontos e assumiu a 13ª colocação, na zona de classificação para a próxima Copa Sul-americana. O Atlético-GO, por sua vez, manteve os 13 pontos e só não está na degola por ter saldo de gols superior ao do Avaí.

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Santos em Goiânia, às 18h30 (horário de Brasília) do sábado, e o Bahia, mais uma vez no Pituaçu, duela com o Internacional, no domingo, às 18h30 (de Brasília).

Fahel comemora o gol da vitória sobre o Atlético-GO no estádio Pituaçu
AE
Fahel comemora o gol da vitória sobre o Atlético-GO no estádio Pituaçu

O jogo

Determinado a embalar no campeonato e a se distanciar das últimas posições, o Bahia começou a partida em cima do Atlético-GO. Os visitantes, no entanto, se postaram bem na defesa e não dava espaços para a equipe do técnico René Simões atacar.

A primeira grande chance do Bahia foi aos 12 minutos, com Jóbson. O atacante recebeu dentro da área, pela esquerda, e chutou forte para ótima defesa de Márcio. O Atlético-GO não demorou para responder e, aos 20, Felipe aproveitou cruzamento de Rafael Cruz e mandou de primeira, mas Marcelo Lomba afastou para escanteio.

No minuto seguinte, em cobrança de falta, Ricardinho levantou bola na área e Thiego subiu mais que todo mundo, mas mandou por cima do gol. A torcida no Pituaçu, porém, nem teve tempo para lamentar. Cinco minutos depois, Reinaldo encontrou Jóbson dentro da área. O atacante saiu da marcação de Agenor e mandou no ângulo esquerdo de Márcio, que nada pôde fazer.

À frente no placar, o Bahia começou a priorizar a defesa e a partida ficou bastante truncada. O Atlético-GO foi em busca do empate, mas encontrava dificuldades para furar o bloqueio tricolor. E o gol atleticano saiu somente na etapa final. Logo aos dois minutos, Juninho tabelou com Thiaguinho, invadiu a área e bateu cruzado, na saída de Marcelo Lomba.

A igualdade no marcador deixou os jogadores do Bahia nervosos e a equipe passou a errar muitos passes. A equipe do técnico René Simões só conseguia levar perigo na bola parada de Ricardinho. E foi assim que o time voltou a ficar à frente no placar.

Aos 28 minutos, o experiente meia cobrou escanteio pela direita e achou Jones, livre na segunda trave. O jogador, então, ajeitou para o meio da área e Fahel se antecipou a Márcio para cabecear para o fundo do gol.

O Atlético-GO, então, foi todo ao ataque em busca do empate, e deu muitos espaços para os contra-ataques. Aos 40 minutos, em um lance rápido, Jóbson limpou a marcação e chutou, mas nas mãos de Márcio. No minuto seguinte o atacante, sozinho, teve outra boa chance, porém mandou por cima do gol.

Já nos acréscimos, Pituca fez linda jogada e tocou para Marcão, que só ajeitou para Juninho, que invadiu a área pela esquerda e chutou forte. Marcelo Lomba foi rápido e saiu do gol para defender e garantir a vitória do clube baiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.